Últimas notícias:

Loading...

Museu de Arte do Rio explora a cidade na mostra ‘Crônicas Cariocas’

Exposição tem Conceição Evaristo como uma das curadoras e discute o Rio de Janeiro que não aparece nos livros, mas povoa o imaginário coletivo

Por: Redação

Até 31 de julho de 2022

Quinta - Sexta - Sábado - Domingo

Das 11h às 18h (entrada até às 17h15)

Recursos de acessibilidade para pessoas com deficiência não informados pelo próprio organizador do evento

Conheça o Rio de Janeiro que não está nos livros, mas povoa o imaginário coletivo, na mostra “Crônicas Cariocas”, em cartaz no MAR – Museu de Arte do Rio até julho de 2022.

Crônicas Cariocas, Museu de Arte do Rio, MAR
Crédito: Thales Leite/ Assessoria de Comunicação do MAR -Museu de Arte do RioObra “São Jorge e o Devir” é um dos destaques da mostra

Para mergulhar nessa Cidade Maravilhosa, foram escolhidos 600 trabalhos em diversos formatos, entre vídeos, objetos, instalações, fotografias e pinturas. As obras revelam múltiplas facetas do Rio, como o orgulho negro, as noites eróticas, as festas, os encontros nos ônibus lotados e o fervor nas calçadas.

Os visitantes contemplam criações de cerca de 110 artistas, com destaque para as produções de Rosana Paulino, Bispo do Rosário, Lasar Segall, Di Cavalcanti, Denilson Baniwa, Laerte e Bastardo. A maioria delas foi pensada especialmente para a exposição – apenas 79 já integravam o acervo do MAR.

Quem reuniu todos esses nomes foi o grupo de curadores composto por Marcelo Campos, curador-chefe do museu, Luiz Antônio Simas, Amanda Bonan e a escritora Conceição Evaristo.

O ponto de partida para a organização da mostra “Crônicas Cariocas” foi uma frase de Ailton Krenak: “É preciso adiar o fim do mundo para contar mais uma história”.

A partir dessa provocação, os envolvidos no projeto pensaram em quais histórias valiam a pena ser contadas no mundo atual. Assim, surgiu a ideia de uma cidade partida.

É como se cada artista apresentasse uma crônica, um gênero “carioca por excelência” (como dizia Machado de Assis) que mais se aproxima do cotidiano.


#DicaCatraca: sempre lembre de usar a máscara de proteção, andar com álcool em gel e sair de casa somente se necessário! Caso pertença ao grupo de risco ou conviva com alguém que precise de maiores cuidados, evite passeios presenciais. A situação é séria! Vamos nos cuidar para sair desta pandemia o mais rápido possível. Combinado? ❤


Atividades extras!

Além de desfrutar da exposição, o público acompanha semanalmente, no Instagram do museu, a série “Isso É a Cara do Rio!”. Ao longo de dez episódios, é possível contemplar o carioca em situações do dia a dia.

Esse conteúdo dialoga e expande os assuntos tratados nos pisos expositivos do MAR, levando o debate também para o virtual.

Quer outras dicas de rolés no Rio? Então, veja: