Um dia chuvoso em Salvador pode ser uma delícia!

Separamos dicas muito legais para curtir a capital baiana mesmo em dias de chuva

Todos os dias

Confira os horários de cada estabelecimento

Recursos de acessibilidade para pessoas com deficiência não informados pelo próprio organizador do evento

Grátis

Site: funarte.gov.br

Telefone: (21) 2265-9933

Quando se pensa na Bahia, logo vem à cabeça sol, praia e água de coco! Isso faz da cidade destino de viagens o ano todo. Porém, principalmente entre abril e julho, o clima é instável e as chuvas sempre dão a cara. Mas calma, tá tudo certo! Quando o dia está chuvoso em Salvador, dá pra curtir a cidade sim – e muito!

Nada de desanimar! Chama os amigos que tem coisa bem legal pra se fazer numa Salvador chuvosa!
Créditos: Galeria RV/divulgação
Nada de desanimar! Chama os amigos que tem coisa bem legal pra se fazer numa Salvador chuvosa!

Se você está na capital baiana neste período ou deu má sorte e pegou um dia com chuva, não se preocupe!

Se o negócio estiver bravo e São Pedro não  colaborar, este roteiro tem três alternativas para você curtir Salvador sob tetos e bem protegido, sem deixar o lazer de lado.

ESPAÇO CULTURAL D’VENETTA: UMA SURPRESA ENCANTADORA EM SALVADOR

Só não vai esquecer de chamar seu 99 pra andar por lá, viu? A viagem vai ficar mais barata e mais seca. Vai na nossa! ;)

Pra começar nossa lista do que fazer num dia chuvoso em Salvador, vamos de Galeria RV. Esse é um oásis cultural ali no Rio Vermelho com seus quadrinhos e arte contemporânea no bairro mais boêmio da Cidade.

A Galeria RV é um “Oásis Cultural” no Rio Vermelho
Créditos: divulgação
A Galeria RV é um “Oásis Cultural” no Rio Vermelho

A galeria tem foco na produção de artistas baianos e realiza vários workshops, sessões de autógrafos e eventos associados às narrativas gráficas.

Lá dentro tem super livraria especializada em quadrinhos, dos americanos aos mangás japoneses, dos mais recentes aos mais antigos e raros, sem contar no selo editorial próprio da RV.

A programação expositiva da Galeria RV você pode conferir aqui, ó.

Fez uma presa por lá e a chuva parou? Vá tomar uma cerveja no Largo de Santana, que é coladinho na galeria.

Onde é: Av. Cardeal da Silva, 158 – Rio Vermelho
Quando dá pra visitar: Segunda a sexta, das 10h às 18h; sábados, das 10h às 16h
Quanto custa: de graça!

  • Farol da Barra

Começou a chover e tu tava no Farol da Barra? Corre pro Farol!

Lá dentro tem o Museu Náutico, que conta com um acervo histórico formado por objetos de diversas épocas, alguns deles submersos por até 300 anos e que ajudam a compreender a relação do homem com o mar e da Bahia com o Farol. Dá pra fazer umas comprinhas na lojinha também.

Farol da Barra não dá pra aproveitar só em dia de calor, não!
Créditos: divulgação
Farol da Barra não dá pra aproveitar só em dia de calor, não!

Na parte de cima, o Café &Wine Bar é um bistrô para reunir família e amigos. No cardápio, você encontra comidinhas como quiches, saltenhas, tortas e a parte dos cafés, com bolos e brigadeiros, e ainda uma carta de vinhos para harmonizar com tábuas de frios, que podem ser montadas pelos próprios clientes.

Se a chuva der uma trégua, no topo do Farol tem o mirante, onde você pega uma visão 360º de Salvador. Já no pátio, dá pra ver a Baía de Todos os Santos.

Onde é: Forte de Santo Antônio da Barra – Largo do Farol da Barra, s/n – Barra
Quando dá pra visitar: Farol: terça a domingo, das 9h às 18h. Café: terça e quarta, das 9h às 18h; quintas, sextas e sábados, até as 23h.
Quanto custa: Turista: R$ 15; estudantes, professores e idosos: R$ 7,50; moradores: R$ 5.

Se o pôr-do-sol mais lindo da terra de todos os santos não estiver a fim de acontecer, o charme do Cine Glauber Rocha pode compensar num dia chuvoso em Salvador.

O cinema fica bem no centro da cidade e tem programação com filmes para todos os gostos: dos “cabeças” até os “blockbusters hollywoodianos”.

Chuva? Que tal um cineminha?
Créditos: divulgação
Chuva? Que tal um cineminha?

Quem frequenta ama de paixão e não só pela vista espetacular do espaço, mas pelo ambiente acolhedor também.

No Cine Glauber Rocha o tratamento é de barão a custo de bolacha-quebrada. Se ainda não acredita, vai lá tirar a prova!

Onde é: Praça Castro Alves – Centro
Quando dá pra visitar: confira a programação do cinema aqui.
Quanto custa: de R$ 16 a R$ 29.

Quer mais dicas legais para explorar Salvador? Seus problemas acabaram: fica de olho aqui na Catraca Livre, que a gente tem roteiros incríveis para você colar com o seu 99, que garante a dupla imbatível preço e qualidade!

E se o dia for de sol, vamos dar um passeio no Pelô?