Teatro no Sesc: 8 peças para assistir sem sentir dor no bolso

Confira a lista de espetáculos em cartaz gratuitos ou baratinhos

Por: Redação

Até 31 de janeiro de 2020

Quinta - Sexta - Sábado - Domingo

em diversos horários

R$0 a R$40

Você até vestiu amarelo na virada do ano, mas o dinheiro ainda não apareceu? Nação catraqueira, não tema! Preparamos especialmente para vocês um roteiro com oito peças de teatro no Sesc que cabem em todos os bolsos. Temos algumas opções gratuitas e outras por até R$40.

ROTEIRO: FÉRIAS EM SP GASTANDO POUQUINHO, QUASE NADA

Janeiro é época de férias. Então, reúna os amigos, a família e se jogue nesta programação!

Sesc Pinheiros

  • Minhas Queridas
Cena de "Minhas Queridas"
Crédito: Eduardo Petrini“Minhas Queridas”, uma homenagem ao centenário de nascimento de Clarice Lispector

O espetáculo “Minhas Queridas” é um mergulho nas correspondências entre Clarice Lispector e suas irmãs mais velhas, Tânia e Elisa. Clarice, reconhecida como umas das maiores escritoras brasileiras do século 20, revela nas cartas experiências vividas ao lado do marido diplomata, lembranças familiares, a fuga da Ucrânia, a maternidade e a construção das suas obras.

As correspondências abrangem um período de 15 anos, tempo em que Clarice acompanhou o marido em missões diplomáticas.  Com direção e dramaturgia de Stella Tobar a montagem é uma homenagem ao centenário de nascimento de Clarice Lispector, celebrado em dezembro de 2020. No elenco estão Marilene Grama e Simone Evaristo.

Quando? até 8 de fevereiro | quintas, sextas e sábados às 20h30 (no feriado do dia 25, a sessão acontece às 18h)
Onde? Auditório – Sesc Pinheiros | Rua Paes Leme, 195 – Pinheiros
Quanto? R$30 (inteira), R$15 (meia entrada) e R$ 9 (credencial plena)
Classificação? 14 anos

  • Elagalinha
Crédito: @elagalinha/Facebook “Elagalinha” ganhou o Prêmio APCA de melhor espetáculo em espaço aberto

Uma jovem galinha de seis anos é feita prisioneira por um monstro quando caminhava para a escola em “Elagalinha”. Em 2019, a peça recebeu o prêmio APCA (Associação Paulista de Críticos de Artes) de melhor espetáculo em espaço aberto.

Com direção e texto de Marcelo Romagnoli, a montagem tem música ao vivo interpretada pela banda Granja Sounds, comandada por Gui Calzavara e Bruno Garcia, que se alternam em instrumentos elétricos, sopros, guitarra, voz e samplers. Além da história principal e da banda, uma dupla de críticos comenta as ações, num enredo paralelo.

O elenco traz feras como  Georgette Fadel, Pascoal da Conceição, Jackie Obrigon, Guto Togniazollo,  Cris Rocha e Joaquim Lino.

Quando? 18 de janeiro a 2 de fevereiro | aos sábados e domingos, às 16h
Onde?  Praça – Sesc Pinheiros | Rua Paes Leme, 195 – Pinheiros
Quanto? Grátis
Classificação? Livre

Sesc Pompéia

  • Pretoperitamar – o Caminho que vai dar aqui
cena de Pretoperitamar
Crédito: Carla Mendonça“Pretoperitamar – o Caminho que vai dar aqui” é um musical biográfico sobre o artista Itamar Assumpção (1949-2003).

O espetáculo musical “Pretoperitamar – o Caminho que vai dar aqui” foge da narrativa linear para apresentar as principais composições artísticas do cantor, instrumentista, arranjador, compositor e produtor musical Itamar Assumpção. Concebido por sua filha Anelis Assumpção, a montagem repassa não apenas momentos importantes da carreira do artista, entre os anos 1970 e 2000, como também da sua vida pessoal.

Sob a direção de Grace Passô, artistas negros cantam, leem e interpretam a obra de Itamar Assumpção. No palco, o ídolo é representado majoritariamente por Fabrício Boliveira.

No elenco ainda estão Allyson Amaral, Claudia Missura, Denise Assunção, Iara Rennó, Negro Leo, Thalma de Freitas e Juçara Marçal.  A peça tem participações especiais de Arrigo Barnabé, Leda Maria Martins, Zena Assumpção e Zora Zantos.

Quando? até 19 de janeiro | às quintas, às sextas e aos sábados, às 21h; e aos domingos, às 18h
Onde? Sesc Pompeia | Rua Clélia, 93, Pompeia
Quanto? R$40 (inteira), R$20 (meia entrada) e R$12 (credencial plena)
Classificação? 16 anos

Sesc Paulista

Em janeiro, a Cia. LaMínima apresenta dois espetáculos no Sesc Paulista: “Luna Parke” e “Reprise”. Há 20 anos a companhia criada por Fernando Sampaio e o saudoso Domingos Montagner apresenta espetáculos fundamentados na arte do circo e do palhaço.

  • Luna Parke
Cena de Luna Parke - peça de teatro no Sesc
Crédito: @laminima/FacebookOlha essa peça de teatro no Sesc! “Luna Parke” tem roteiro de Laerte Coutinho!

Em “Luna Parke”, a LaMínima recria o ambiente dos Parques de Diversões, com apresentações de personagens exóticos, como a “Monga a Mulher Gorila” e “Johnny o Homem – Bala”, além de brincadeiras, acrobacias e vendas de milagres. Com roteiro de Laerte Coutinho e texto de Domingos Montagner e Chacovachi, o espetáculo traz no elenco Fernando Sampaio, Fernando Paz e Marcelo Castro.

Quando? 11 e 12 de janeiro | sábado e domingo, às 11h
Onde? Sesc Avenida Paulista | Avenida Paulista, 119, Bela Vista
Quanto? R$20 (inteira), R$10 (meia entrada) e R$ 6 (credencial plena)
Classificação? Não recomendado para menores de 6 anos

  • Reprise
Cena de "Reprise" - teatro no Sesc
Crédito: @laminima/FacebookDois palhaços disputam um picadeiro em “Reprise”, da Cia. LaMínima

Nos dias 25 e 26 de janeiro, é a vez de “Reprise”, um premiado espetáculo que conta a história de dois palhaços que foram contratados pela mesma pessoa para realizar uma apresentação no mesmo dia, local e horário. Depois do choque da descoberta e uma disputa para ver qual dos dois possuía prioridade no picadeiro, os palhaços decidem trabalhar juntos.

No elenco, estão Fernando Sampaio e Marcelo Castro, com alternância de Filipe Bregantim e Fernando Paz. A direção, a concepção e a cenografia são de Domingos Montagner e Sampaio.

Quando? 25 e 26 de janeiro | sábado e domingo às 11h
Onde? Sesc Avenida Paulista | Avenida Paulista, 119, Bela Vista
Quanto? R$20 (inteira), R$10 (meia entrada) e R$ 6 (credencial plena)
Classificação? Indicado para crianças a partir de 5 anos

Sesc Belenzinho

  • Pele Negra, Máscaras Brancas
cena de Peles Negras, Máscaras Brancas - teatro no Sesc
Crédito: Adeloyá Magnoni“Pele negra, Máscaras Brancas” discute como a colonização causou sofrimentos nas vidas e mentes de pessoas negras

A peça “Pele Negra, Máscaras Brancas” é baseada na obra homônima de Frantz Fanon, psiquiatra e filosofo com ascendência francesa e africana. O espetáculo se passa em três períodos diferentes – 1950, 2019 e 2888 – e apresenta como a colonização causou sofrimentos nas vidas e mentes de pessoas negras.

O dramaturgo Aldri Anunciação traz o próprio Fanon para o palco, como personagem no ano de 2019 ,defendendo novamente sua tese de doutorado, apresentada originalmente em 1950.  A montagem, que conta com um elenco majoritariamente negro, também é a primeira da Cia de Teatro da Universidade Federal da Bahia encenada por uma diretora negra, Onisajé (Fernanda Júlia).

O elenco conta com Iago Gonçalves, Igor Nascimento, Juliette Nascimento, Manu Moraes, Matheus Cardoso, Matheuzza, Rafaella Tuxá, Thallia Figueiredo, Victor Edvani e Wellington Lima.

Quando? de 24 de janeiro a 2 de fevereiro |às sextas e aos sábados, às 21h30; aos domingos, às 18h30. (no feriado, dia 25, a sessão ocorre às 18h30).
Onde? Sesc Belenzinho | Rua Padre Adelino, 1.000, Belenzinho
Quanto? R$30 (inteira), R$15 (meia entrada) e R$ 9 (credencial plena)
Classificação? 12 anos

Sesc Vila Mariana

  • Dos Prazeres
"Dos Prazeres" - teatro no Sesc
Crédito: Ligia Jardim | @sescvilamariana/FacebookMaristela Chelala encena monólogo “Dos Prazeres”

Olha que MARA essa peça de teatro no Sesc Vila Mariana! “Dos Prazeres” se passa em Barcelona, onde María dos Prazeres, uma imigrante brasileira, vive há décadas. Após ter um sonho premonitório, ela dá início aos preparativos do seu próprio funeral.

O monólogo é baseado no conto “María dos Prazeres”, de Gabriel García Márquez, do livro “Doze Contos Peregrinos”. A atriz Maristela Chelala conduz o espetáculo em um jogo de espelhos em que sua biografia se entrelaça à ficção. A dramaturgia é assinada por Ivan Marsiglia e a direção por Ivan Andrade.

Quando? 17 de janeiro a 21 de fevereiro | às sextas, às 20h, e aos sábados, às 18h (uma sessão extra acontece na quinta, dia 20/2, às 20h)
Onde? Sesc Vila Mariana | Rua Pelotas, 141, Vila Mariana
Quanto? R$30 (inteira), R$15 (meia entrada) e R$ 9 (credencial plena)
Classificação? 14 anos

Sesc Santo André

  • “Neste mundo louco, nesta noite brilhante”
Cena de Neste Mundo Louco Nesta Noite Brilhante
Crédito: João Caldas FºDébora Falabella e Yara Novaes protagonizam o espetáculo “Neste mundo louco, nesta noite brilhante”

“Neste mundo louco, nesta noite brilhante”, de Silvia Gomez, discorre sobre a violência contra a mulher no Brasil atual. Em uma noite estrelada, à beira de uma rodovia, uma vigia encontra uma jovem jogada no asfalto, delirando.

A linguagem da peça surpreende por seu tom poético e pitadas de ironia. Débora Falabella interpreta a vítima de estupro; e Yara de Novaes, a vigia.

O palco também é ocupado pela banda boliviana Las Majas.  Com direção de Gabriel Fontes Paiva, a peça é uma produção do Grupo 3 de Teatro, fundado em 2005 pelas atrizes e o diretor.

Pro rolê ficar completo. Olha essas dicas:

Compartilhe:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.