Últimas notícias:

Loading...

AMPLIFIQUINTAS valoriza bandas independentes em live shows

Iniciativa da Secretaria Municipal de Cultura transmite apresentações realizadas em grandes teatros públicos de SP

Por: Redação

Até 29 de julho de 2021

Quinta

21h

Recursos de acessibilidade para pessoas com deficiência não informados pelo próprio organizador do evento

O AMPLIFIQUINTAS leva bandas independentes e muita música para os teatros municipais de SP. A partir de 1º de julho, o projeto invade os palcos dos teatros Arthur Azevedo, Alfredo Mesquita, Cacilda Becker, João Caetano e Paulo Eiró!

Projeto Amplifiquintas
Crédito: Biel Basile/Assessoria de Imprensa da Secretaria Municipal de Cultura | Divulgação /Assessoria de Imprensa da Secretaria Municipal de Cultura | John Halles /Assessoria de Imprensa da Secretaria Municipal de CulturaArtistas independes se revezam em cinco dias de apresentações em julho

E como funciona? Toda quinta-feira, até 29 de julho, bandas e artistas representados por um selo independente se apresentam para uma plateia online. As transmissões são gratuitas, sempre às 21h, pelo Facebook desses teatros. Acompanhe tudo pelo Instagram @smculturasp.

O bacana é que esses selos são a porta de entrada para muitos músicos iniciantes se tornarem profissionais!

Os artistas convidados são Sophia Chablau e Uma Enorme Perda de Tempo + Chico Bernardes, pelo Selo Risco; Sistah Chilli ft Rasec + Di Melo, pelo Fatiado Discos; Acidental + Institution + Sequóia, pelo Hearts Bleed Blue (HBB); Ale Sater + Gab Ferreira, pela Balaclava Records; e, por fim, Jup do Bairro + Indy Naíse + Harlley + Alt Niss, pela Deck 9.

No primeiro dia do AMPLIFIQUINTAS, a banda paulistana Sophia Chablau e Uma Enorme Perda de Tempo, e o músico Chico Bernardes, se apresentam no Teatro Cacilda Becker às 21h. Assista aqui.

Sophia Chablau e Uma Enorme Perda de Tempo apresenta seu álbum homônimo com nove faixas autorais, que combinam rock underground com harmonias e ruídos de guitarra.

Já o músico Chico Bernardes mostra as canções do seu disco homônimo. A apresentação segue a linha do folk norte-americano, além de referências da música brasileira.

O nem tão iniciante assim Di Melo se apresenta no dia 8 de julho, às 21h, no palco do Teatro João Caetano. No repertório estão suas músicas em versões acústicas. Em cerca de 50 anos de carreira, ele segue lançando composições que exploram vários gêneros, como soul e funk. Confira aqui.

No mesmo dia e local acontece a live de Sistah Chilli ft Rasec. Espere por canções que permeiam o mundo do rap e do reggae!

A terceira semana do AMPLIFIQUINTAS conta com shows de Acidental, Institution e Sequóia. As transmissões são pelo Facebook do Teatro Arthur Azevedo a partir das 21h, no dia 15.

São três bandas bem diferentes! A Acidental faz uma mistura gostosa de indie rock com sonoridades da música popular brasileira e influências que vão de Flaming Lips a Guilherme Arantes. O Institution faz aquele hardcore contagiante e o trio de rock instrumental Sequóia traz em sua formação Daniel Siqueira, baterista do CPM 22.

Dia 22, às 21h, é a vez de Ale Sater e Gab Ferreira abrilhantarem o festival. O público assiste a essas performances no Facebook do Teatro Paulo Eiró.

Enquanto Ale Sater apresenta as canções de seu mais recente material solo, o EP “Fantasmas”, Gab Ferreira aposta nas canções de sua mixtape de estreia “Lemon Squeeze”, além de faixas inéditas que estarão em seu primeiro lançamento com o selo Balaclava Records, previsto para o segundo semestre de 2020.

No último dia do projeto, 29 de julho, às 21h, acontecem quatro showzaços, exibidos pelo Facebook do Teatro Alfredo Mesquita. Tem o rap de Jup do Bairro, o MPB de Indy Naise, o som influenciado por R&B e pop music de Harlley e o  R&B de Alt Niss. Assista aqui.

São cinco dias de apresentações com opções para todos os gostos musicais. Fique de olho na programação para não perder nada!

Aproveite e veja outros eventos legais para curtir do sofá de casa: