Últimas notícias:

Loading...

Pezinhos livres: por que é importante pisar no chão sem sapato?

Por: Camila Hungria

“Em meados de abril, quando estávamos vivendo aquela onda de calor intenso, solicitaram que eu substituísse uma professora em outra escola. Era a primeira vez que estava naquele espaço, naquela comunidade, com aqueles adultos e aquelas crianças. Cheguei em uma sala com aproximadamente 25 crianças de 4 anos.

No primeiro contato com elas, já percebi que estavam todas calçadas, exceto um menino. Com o calor intenso que fazia, sugeri que todos tirassem os sapatos, e eu também faria o mesmo.

–  Não pode!, rapidamente afirmou uma educadora que me acompanhava.

Questionei o porquê, afinal, fazia muito calor.

– As mães podem não gostar e reclamar.

Fiquei incomodada com essa resposta e retruquei:

– E por que aquele menino pode?

– Ele tem receita médica, o ortopedista disse que ele não precisa usar palmilha e recomendou que ele andasse descalço”.

O relato acima é da Ana Carolina Thomé, e foi compartilhado por ela e pela Rita Mendonça, em artigo escrito pela dupla postado no site Conexão Planeta. No texto, as autoras discorrem sobre a importância de permitir que a criança ande descalça. (Para ler o artigo completo clique aqui)

O “medo da sujeira” e dos possíveis males causados por esse contato faz parte da rotina das famílias com crianças. Aboa notícia é que estudos apontam que o contato com a “sujeira” tem um papel importante no fortalecdimento do sistema imunológico da criança. (Leia mais aqui).

Pisar descalço fortalece a musculatura dos pés das crianças.
Pisar descalço fortalece a musculatura dos pés das crianças.

No artigo, Ana Carolina e Rita ressaltam os impactos do modo devida urbano, que resulta em um afastamento da natureza, e apontam alguns argumentos defendendo a importância de pisar no chão sem sapatos.

A areia massageia os pés da criança
A areia massageia os pés da criança

“Desde que as crianças começam a andar, é importante que possam caminhar descalças e por terrenos irregulares, de modo a desenvolver seu caminhar com segurança, uma vez que podem enfrentar diversos pequenos desafios para equilibrar-se. E, com isso, seus pés e todo o seu corpo se desenvolvem com liberdade, ampliando suas possibilidades de formar-se a partir de seu potencial inicial”, escreveram no artigo.

Com informações de Conexão Planeta.

Compartilhe: