Ação alerta sobre a origem da carne comercializada em supermercados

Para conscientizar sobre o impacto ambiental da produção de carne, ativistas do 'Greenpeace' realizaram uma ação nesta quarta-feira (18) em quatro lojas do Pão de Açúcar

Por: Redação | Comunicar erro

Você sabe qual a origem da carne que está no seu prato? De acordo com o relatório Carne ao Molho madeira“, divulgado pelo ‘Greenpeace‘, nenhuma das sete maiores redes de mercados do Brasil garante que o produto comercializado está livre de desmatamento na Amazônia, trabalho escravo e violência contra povos indígenas.

Para chamar atenção dos consumidores sobre o problema, ativistas do ‘Greenpeace’ realizaram uma ação nesta quarta-feira (18) em quatro lojas do Pão de Açúcar, em São Paulo, que teve a pior avaliação no monitoramento da carne que comercializa.

As bandejas de carne das lojas receberam etiquetas com a pergunta “Você sabe de onde vem esta carne?”. A campanha também contou com uma vaca perdida na cidade, que tentou, sem sucesso, saber sobre sua procedência.

Crédito: Zé Gabriel/GreenpeaceAtivistas realizaram uma ação nesta quarta-feira em lojas do Pão de Açúcar em SP

O relatório da ONG mapeia como as gigantes do setor vêm lidando com o problema, por meio do levantamento de informações sobre a política de aquisição de carne bovina oriunda da Amazônia de sete redes de supermercados. O resultado é assustador: nenhuma delas atinge o “patamar verde” e garante que 100% da carne que comercializa é livre de crimes socioambientais.

O ‘Greenpeace’ avaliou três aspectos principais: a existência e o alcance destas políticas, os critérios dessas políticas e quanto os supermercados são transparentes em relação ao tema junto a seus consumidores e fornecedores. Dentre os analisados, o Walmart foi quem saiu na frente, com 62% dos requisitos considerados fundamentais. Atrás dele, o Carrefour atingiu 23%, enquanto o Grupo Pão de Açúcar (GPA), maior empresa do setor, apenas 15%. Na lanterna, o Cencosud alcançou meros 3%. Leia o relatório na íntegra aqui.

Crédito: Zé Gabriel/GreenpeaceA ideia da ação é conscientizar sobre a origem da carne que consumimos

Nas últimas décadas, mais de 750 mil quilômetros quadrados da floresta amazônica brasileira foram destruídos. Aproximadamente 60% desta área virou pasto para gado. Atualmente, existem mais bois do que seres humanos no país: são mais de 212 milhões de cabeças de gado.

A pegada hídrica da carne de bovinos de corte é de 15.400 metros cúbicos por tonelada, ou seja, para apenas 1 kg de carne bovina são necessários mais de 15.000 litros de água. Por isso, reduzir o consumo diário de carne é melhor para a saúde, o clima, as florestas e a segurança alimentar global.

Crédito: Zé Gabriel/GreenpeaceO relatório mostra que as maiores redes de supermercados não sabem de onde vem a carne que comercializam

Compartilhe:

1 / 8
1
03:46
‘Pretendo beneficiar um filho meu, sim’ diz Bolsonaro sobre embaixada
Em uma transmissão ao vivo pelas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro voltou a defender a nomeação de seu filho, …
2
03:15
Num ato de coragem, MBL pede desculpas publicamente
O jornalista Gilberto Dimenstein e a Catraca Livre já foram diversas vezes vítimas das milícias digitais do MBL com as …
3
03:04
O real motivo do ataque de Bolsonaro ao filme de Bruna Surfistinha
Jair Bolsonaro decidiu atacar o filme realizado por Deborah Secco sobre a ex-prostituta Bruna Surfistinha. Motivo oficial: o filme, usando …
4
02:13
Entenda os desdobramentos do caso Tabata Amaral no PDT
O PDT suspendeu a deputada federal Tabata Amaral e outros sete parlamentares que votaram a favor da reforma da Previdência, …
5
02:03
Incêndio em estúdio de animação em Japão deixa dezenas de mortos
Dezenas de pessoas morreram durante um incêndio criminoso que tomou conta do estúdio de animação da Kyoto Animation, na cidade …
6
02:19
Barragem abandonada corre risco de rompimento no interior de SP
Uma matéria publicada pelo G1 alerta para o risco de rompimento da barragem de água em Iaras, no interior de …
7
02:30
O que significa a gargalhada de Caetano Veloso?
Um vídeo do cantor Caetano Veloso gargalhando está viralizando nas redes sociais. O motivo da piada é a entrevista que …
8
01:51
Site ‘Não me Perturbe’ permite bloquear ligações de telemarketing
A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) lançou o Não me Perturbe, site que permite bloquear ligações de telemarketing. O sistema …