Ajude famílias de quilombo no MA a enfrentar a covid-19

Campanha vai distribuir cestas básicas ao quilombo Santa Rosa dos Pretos durante o período de isolamento social

Por: Redação

O quilombo Santa Rosa dos Pretos, no Maranhão, precisa da sua ajuda para enfrentar a covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus. Um grupo de profissionais da cultura e de movimento sociais criou uma campanha de financiamento coletivo para distribuir cestas básicas durante o período de isolamento social às famílias da comunidade, que ficaram sem geração renda.

quilombo Santa Rosa dos Pretos
Crédito: Reprodução / Santa Rosa dos PretosO quilombo Santa Rosa dos Pretos vive em situação de vulnerabilidade social

Santa Rosa dos Pretos está em um território que vive dificuldades de acesso a direitos básicos, como saneamento e distribuição de água e energia. Além disso, por estar situado às margens da BR-135, o índice de vulnerabilidade do quilombo é ainda maior. Isso impacta diretamente na execução de cuidados mínimos indicados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) no combate ao vírus.

A partir dessas questões sociais, a campanha pretende arrecadar R$ 13.500 para dar um auxílio às famílias quilombolas nas próximas semanas. A ideia é juntar doações para a compra de itens de alimentação e montagem de cestas básicas para distribuição. São cerca de 700 famílias que precisam se isolar, mas, ao mesmo tempo, carecem de apoio para a compra de alimentos. No local, há muitas crianças, idosos, jovens e adultos dentro de suas casas.

A iniciativa foi criada por um grupo de pessoas que atuam nos setores da cultura e dos movimentos sociais. Os profissionais conheceram a comunidade Santa Rosa dos Pretos em 2015, para a gravação do curta-metragem Guardiões de Santa Rosa. Em 2016, desenvolveram o projeto Crioula Reinado. Em 2018, a equipe criou a campanha de financiamento coletivo Rega Santa Rosa, que ficou conhecida nacionalmente e foi responsável pela construção de 15 poços artesianos no território.



Santa Rosa dos Pretos

A comunidade Santa Rosa dos Pretos representa muita relevância política e cultural para o estado do Maranhão e também para o Brasil. É um lugar que abriga mulheres brilhantes e essenciais para a luta do povo quilombola local e também para o cenário nacional. Como, por exemplo, Dona Dalva e Anacleta, que fizeram uma passagem por São Paulo em 2018, durante a campanha do Rega Santa Rosa, e gravaram o álbum “Resistência Quilombola” com o bloco Ilú Obá De Min.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.