Atacada pela milícia de Bolsonaro, Joice Hasselmann chora pelos filhos

A deputada discursava no Câmara dos Deputados, em Brasilia quando se emocionou e detonou a família Bolsonaro

Por: Redação

A deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) chorou na Câmara dos deputados, nesta terça-feira, 5, ao falar sobre ataques que vem sofrendo nas redes sociais, pela milícia digital do presidente Jair Bolsonaro (PSL), que já chegaram aos seus filhos e familiares.

joice hasselmann bolsonaro
Crédito: Reprodução/TVCâmaraAtacada pela milícia de Bolsonaro, Joice Hasselmann chora pelos filhos

Após o discurso, Hasselmann foi apoiada por parlamentares de seu próprio partido, como o Delegado Waldir (PSL-GO), mas também pelos deputados de partidos da oposição, como Orlando Silva (PCdoB-SP), Alice Portugal (PCdoB-BA) e Perpétua Almeida (PCdoB-AC).

“Nunca fui de me vitimizar, nunca. Mas foi a primeira vez que eu realmente me senti vítima do mais sujo machismo, do mais sujo machismo: encomenda de dossiês falsos, montagens. A minha família não vai passar por isso. Eu não vou permitir. Não tivessem mexido com a minha família, talvez eu até amenizasse, mas não o farei”, afirmou Joice Hasselmann.

“Mãe, por que estão chamando a sra. de porca na internet? Por que estão chamando a sra. de pig? Não foi a sra. que ajudou tanto esse governo?”, afirmou a deputada, chorando.

Joice Hasselmann, foi líder do governo Bolsonaro no Congresso, mas foi tirada do cargo por atritos com o presidente e se tornou alvo preferencial do clã Bolsonaro para ataques virtuais.

“Vou dizer a vocês que essas lágrimas não são por mim porque minha história é de uma guerreira, mas meu filho de 11 anos recebendo montagens minhas, com meu rosto e o corpo de uma prostituta, com o meu rosto e um corpo deformado nu, isso não vou admitir”, salientou a deputada.

Joice afirmou ressaltou ainda que “não vai ter homem, com mandato ou sem mandato, deputado, senador ou presidente, seja o que for, que vai fazer isso com a minha família”.

A deputada afirmou que acionou a Justiça contra o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), dizendo que ele está por trás dos ataques que ela vem sofrendo nas redes sociais. Hasselmann também disse que irá entrar com representação no Conselho de Ética da Câmara e na Procuradoria-Geral da República contra o filho presidente.

“Vamos saber quem são os covardes por trás dos perfis fakes”, disse. “Se nós não pararmos essa esquizofrenia, essa loucura, essa gangue, a gente não tem como reconstruir esse país”, disse Joice.

1
Novo partido de Bolsonaro participará das eleições em 2020?
Bolsonaro realizou na semana passada a convenção de lançamento de seu novo partido, a Aliança pelo Brasil, que terá o …
2
A indústria da morte nas estradas federais
Meses após a desativação dos radares móveis nas estradas federais do país, dados revelam um aumento nos casos de acidentes …
3
Governo Bolsonaro usa AI-5 como instrumento de ameaça?
Em viagem a Washington, nos Estados Unidos, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse a jornalistas para não se assustarem …
4
Bolsonaro e Witzel usam o Flamengo como palanque político?
Não é de hoje que o futebol é usado como palanque político no Brasil. A paixão nacional foi utilizada pelos …
5
Os sinais de um relacionamento abusivo
Identificar os sinais de um relacionamento abusivo e violento nem sempre é fácil. O controle é mascarado pela preocupação e …
6
Brasil pedirá ajudar internacional para controlar crise na Amazônia
O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, anunciou que o Brasil deve participar da Conferência do Clima da ONU (COP-25), …
7
Bolsonaro deixa o PSL para fundar um novo partido político
O presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta terça-feira, 12, que vai deixar o Partido Social Liberal (PSL) após quase dois anos …
8
Entenda a crise política na Bolívia em 8 minutos
Após 13 anos no poder, o presidente boliviano Evo Morales renunciou ao cargo no último domingo, 10, em meio a …