Bolsonaro usa verba da Câmara para empregar servidora fantasma

A funcionária vende açaí em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro

Por: Redação
O presidenciável Jair Bolsonaro

O deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) usa verba da Câmara para empregar uma vizinha em um distrito a 50 km do centro de Angra dos Reis (RJ), de acordo com reportagem publicada pela “Folha de S.Paulo” nesta quinta-feira, dia 11.

A “servidora fantasma” trabalha em um comércio de açaí na mesma rua onde fica a casa do deputado, na Vila Histórica de Mambucaba. Segundo moradores da região, a mulher, conhecida como Wal, também presta serviços particulares na casa de Bolsonaro, mas tem como principal trabalho o estabelecimento “Wal Açaí”.

Desde 2003, Walderice Santos da Conceição, de 49 anos, aparece como uma dos 14 funcionários do gabinete parlamentar de Bolsonaro, em Brasília, e recebe o salário bruto de R$ 1.351,46. Moradores da cidade afirmaram que o marido dela, Edenilson, presta serviços de caseiro para Bolsonaro.

O deputado federal tem essa casa de veraneio em Mambucaba desde o final dos anos 90, mas mora na Barra Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro. O “Wal Açaí” foi fechado às pressas nesta quinta após repórteres da Folha chegarem na região.

Jair Bolsonaro negou à reportagem que tenha usado dinheiro da Câmara para pagamentos de serviços da casa e que Walderice seja uma funcionária fantasma. Ao ser questionado sobre qual seria o trabalho feito por ela, ele respondeu: “Ela reporta a mim ou ao meu chefe de gabinete qualquer problema na região. Não tem uma vida constante nisso. É o tempo todo na rua? Não. Ela lê jornais, acompanha o que acontece”.

Em seguida, a Folha pediu ao presidenciável algum exemplo de serviços parlamentares prestados pela funcionária. “Peraí, ela fala com o chefe de gabinete”, disse. “Como é que eu vou saber? Se eu mantiver um contato diário com meus 15 funcionários, eu não trabalho.”

Em relação ao marido de Walderice, Bolsonaro negou que ele seja caseiro da casa, mas informou que Edenilson o ajuda na casa, inclusive dando comida para os cachorros.

Leia a reportagem na íntegra aqui.

  • Jair Bolsonaro postou um vídeo em suas redes sociais nesta quarta-feira, dia 10, e disse que só abandonaria a sua candidatura à Presidência da República se for morto ou tirado “na covardia”. Veja abaixo:
1
Joice Hasselmann fala sobre o Pavão Misterioso e o Gabinete do Ódio
Pavão Misterioso, Gabinete do Ódio de Bolsonaro e muitas outras questões foram abordadas no depoimento da deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) …
2
Os principais pontos do pacote anticrime de Moro aprovado pela Câmara
A Câmara dos Deputados aprovou na quarta-feira, 4, o pacote anticrime do ministro da Justiça, Sergio Moro. O conjunto de …
3
Tudo o que se sabe sobre a ação policial em Paraisópolis
No último domingo, 9 jovens morreram supostamente pisoteados durante ação realizada pela Polícia Militar na comunidade de Paraisópolis, em São …
4
PSL pune postura de Eduardo Bolsonaro e de outros 17 parlamentares
O diretório nacional do Partido Social Liberal (PSL) decidiu na terça-feira, 3, punir 18 parlamentares acusados de articular o afastamento …
5
Presidente da Funarte diz que rock leva ao aborto e ao satanismo
O músico Dante Mantovani, nomeado nesta segunda-feira, 2, como o presidente da Fundação Nacional de Artes (Funarte), possui um canal …
6
Trump decide retomar taxação ao Brasil após desvalorização do real
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, fez um post em sua rede social anunciando o retorno das tarifas de …
7
Entenda todos os desdobramentos das prisões em Alter do Chão
Os quatro brigadistas que haviam sido presos preventivamente na operação Fogo de Sairé, da Polícia Civil do Pará, deixaram a …
8
Ajude a manter vivo o sonho da única orquestra do mundo criada e manti
A Orquestra Sinfônica de Heliópolis é a única orquestra sinfônica do mundo mantida numa favela. Mensalmente são mais de 1.300 …