Últimas notícias:

Loading...

Brasil deve aumentar emissão de gases de efeito estufa

A razão é o desmatamento e a agropecuária, responsáveis por quase dois terços dos gases poluentes emitidos pelo Brasil

gases do efeito estufa
Na contramão do mundo, Brasil vai emitir mais gases de efeito estufa (Foto: Pixabay)

Na contramão do mundo, o Brasil deve registrar em 2020 um aumento na emissão de gases de efeito estufa, substâncias gasosas determinantes para tornar as mudanças climáticas ainda piores. Esta é a conclusão de um estudo divulgado na última quinta-feira, 21, pelo Observatório do Clima.

Os pesquisadores concluíram que, em 2020, o mundo – com exceção do Brasil – deve reduzir em 6% a emissão de gases que agravam o processo de destruição do planeta. Isso porque a quarentena de combate ao coronavírus reduziu a produção industrial, a circulação de veículos e outras atividades que queimam combustíveis fósseis.

Mas no Brasil o cenário é outro, e catastrófico. A razão é o desmatamento e a agropecuária, atividades intimamente ligadas, já que grandes extensões de terra são desmatadas para dar lugar a pasto para criar bois explorados para consumo.

Confira o final desta história e outras notícias inspiradoras sobre animais na ANDA (Agência de Notícias de Direitos Animais).


Desmatamento da Amazônia foi o maior em 10 anos

Em meio aos retrocessos do governo Bolsonaro para o meio ambiente e à pandemia, o desmatamento da Amazônia em abril foi o maior dos últimos 10 anos, com 529 km² da floresta derrubada.

No mês passado, o aumento foi de 171% em relação ao mesmo período de 2019. Os dados são do Sistema de Alerta de Desmatamento (SAD), do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon).

Saiba mais aqui.

ANDA

Em parceria com ANDA

Agência de Notícias de Direitos Animais e maior portal de notícias sobre animais do mundo.

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário ANDA

A Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.