Ciro e Marina questionam Haddad: "Brasil não aguenta outra Dilma"

Informar

Cesar Tralli e João Doria entram em atrito em debate na Globo

O candidato do PSDB ao governo de São Paulo foi entrevistado pelo apresentador do SPTV1

Por: Redação | Comunicar erro
cesar tralli e joão doria
Crédito: Reprodução/TVGloboCesar Tralli entrevistou o candidato ao governo de SP, João Doria, do PSDB

A TV Globo São Paulo realiza nesta semana debates com os principais candidatos ao governo do Estado e, nesta quarta-feira, 12, o entrevistado da vez foi o ex-prefeito da capital, João Doria (PSDB) que acabou entrando em atrito com o apresentador do SPTV1, Cesar Tralli.

Assim como tem acontecido em entrevistas anteriores em diferentes noticiosos da Globo, a forma belicosa como candidatos e apresentadores se tratam, tem repercutindo nas redes sociais, com críticas negativas pela falta de produtividade dos debates, que acabam não passando as informações necessárias para os eleitores que são as propostas dos postulantes ao cargo.

No tocante à entrevista entre Doria e Tralli, apresentador e candidato se interromperão diversas vezes, além do tucano se esquivar das perguntas em algumas ocasiões.

cesar tralli e joão doria
Crédito: Reprodução/TVGloboCesar Tralli entrevistou o candidato ao governo de SP, João Doria, do PSDB

Um momento de tensão foi quando Cesar Tralli questionou João Doria sobre a eficiência da segurança do estado de São Paulo que há 24 anos é governado por políticos do PSDB. Nesse momento, os dois acabaram enveredando sobre a funcionalidade do vice.

“Nós sabemos que a Polícia Civil e Militar passa por grandes dificuldades: é falta de efetivo, é falta de material, é falta de absolutamente tudo. Nessa realidade que eu estou dizendo que foi deixada pelo PSDB, partido que governou São Paulo durante 24 anos, essa realidade não depõe contra essas suas promessas de campanha?”, questionou o apresentador do SPTV1.

“Não. Aliás, quero só esclarecer que quem administra a cidade de São Paulo nesse momento é o Partido Socialista Brasileiro, PSB do Márcio França”, iniciou João Doria em sua resposta, citando o então vice-governador do estado durante a gerência de Geraldo Alckmin, que deixou o cargo para concorrer à presidência da República.

“Mas ele está há cinco meses candidato”, interveio Tralli, ressaltando o pouco tempo em que Márcio Franca está, de fato, no poder. “PSDB está há 24 anos. Sejamos honestos aqui em questão matemática”, completou o jornalista.

“Não, só para… Mas o vice também era vice, não é? E vice trabalha, até onde eu sei, remunerado”, argumentou o tucano. “Eu só estou dizendo que [durante] 24 anos [foi o] PSDB e agora cinco meses um outro partido”, esclareceu Cesar Tralli.

Nas redes sociais, os telespectadores que repercutiam o debate on-line, ficaram divididos entre apoiadores e críticos do modo como o apresentador conduziu a entrevista, enquanto outros opinaram sobre as falas de João Doria.

Confira:

Acompanhe outros conteúdos ligados às eleições deste ano nesta página especial.

Geraldo Alckmin: “A política de segurança de SP é um exemplo”

Compartilhe: