Identifique em 1 segundo um robô de Bolsonaro ou do PT

Informar

Ciro Gomes xinga repórter durante campanha em Roraima

Ciro Gomes se manifestou sobre o assunto: “Apareceram lá uns provocadores, mas acho que se deram muito mal”

Por: Redação | Comunicar erro

No último sábado, 15, o candidato Ciro Gomes (PDT) foi flagrado ofendendo um repórter durante campanha presidencial em Boa Vista, em Roraima. No vídeo, repercutido nas redes sociais, ele xinga o suposto profissional de “filho da p*ta” e pede sua expulsão da coletiva.

O desentendimento tem início quando, em meio a série de perguntas, o homem, não identificado, questiona o presidenciável sobre o conflito entre brasileiros e venezuelanos em Paracaima (RR). “O senhor reafirma o que o senhor disse sobre os brasileiros que tiveram aquela manifestação lá na fronteira, que chamou os brasileiros de canalhas, desumanos e grosseiros?”. O candidato, então, responde apenas: “Vá pra casa do Romero Jucá, seu filho da p***. Pode tirar esse daqui. Esse aqui é do Romero Jucá! Tira ele. Prende ele”.

A atitude de Ciro, conhecido pelo forte temperamento, logo repercutiu nas redes sociais e motivou a criação das hashtags #CalaBocaCiro e #NãoAgrideQuemTrabalhaCiro. Na manhã deste domingo, 16, o episódio se tornou um dos assuntos mais comentados do Twitter.

“Vergonha de ser brasileiro”

Em agosto deste ano, quando questionado sobre a expulsão dos venezuelanos na fronteira do país, o presidenciável condenou a atitude dos brasileiros.“Estamos vivendo uma crise humanitária, estamos falando de 40.000, 50.000 venezuelanos, que é muita coisa, mas a Colômbia foi ocupada por mais de 500.000 venezuelanos e não há nenhuma notícia de desumanidade, de grosseria, que canalhice, que é o que aconteceu ontem no Brasil. Pela primeira vez na minha vida senti vergonha de ser brasileiro”.

]

Ciro Gomes ganha em todos os cenários no 2º turno, diz Datafolha

Compartilhe: