Daniel implorou para não ser morto, diz testemunha à polícia

O jogador foi brutalmente assassinado e teve o pênis cortado com uma faca

Por: Redação | Comunicar erro
daniel correia
Crédito: Reprodução/FacebookDaniel Correia foi torturado e brutalmente assassinado

O jogador Daniel Correia Freitas, de 24 anos, brutalmente assassinado no dia 27 de outubro, implorou para não ser morto, segundo informou uma testemunha em depoimento à polícia do Paraná que investiga o caso.

De acordo com informações da RPC Curitiba, que teve acesso aos depoimentos de quatro testemunhas que estavam na casa da família Brittes, onde o crime aconteceu, uma deles disse ter ouvido o jogador pedindo para não morrer.

As quatro testemunhas apresentaram depoimentos similares sobre o acontecido, que contradizem Edison Brittes, que confessou o crime em entrevista à RPC, além de desmentir as versões de Cristiana e Allana Brittes, esposa e filha do empresário, respectivamente.

edison brittes
Crédito: Reprodução/RPCEdison Brittes, assassinou ter matado o jogador Daniel em entrevista à RPC

Segundo os jovens, Edison saiu de casa por volta das 8h em busca de bebida; eles negaram ter ouvido gritos de socorro de Cristiana, que alegou tentativa de estupro por parte de Daniel; ainda, as testemunhas negaram que a porta do quarto da esposa do empresário estivesse arrombada.

Segundo o G1, uma das testemunhas disse que ouviu Edson falar que “isso é que acontece com mulher de bandido”. Outra relatou que, enquanto Daniel era agredido, escutou Cristiana falar para Allana “não deixa seu pai fazer isso dentro da minha casa, você sabe como ele é”.

Algumas testemunhas também afirmaram que foram procuradas por Edison Brittes após o crime, a fim de combinarem depoimento, alegando que Daniel estava bêbado e saiu da casa andando.

Entenda

jogador daniel
Crédito: Reprodução/FacebookDaniel foi brutalmente assassinado pelo empresário Edison Brittes

Daniel Correia foi encontrado morto com sinais de tortura no último dia 27 de outubro em um matagal de São José dos Pinhais, no Paraná. O responsável pelo crime também cortou fora o pênis do atleta.

Em entrevista à RPC, afiliada da TV Globo no estado, o empresário Edison Brittes assumiu autoria do crime e declarou que, na ocasião, “não pensava em nada”, “não sabia que ia fazer aquilo” e afirmou estar “desesperado, fora” de si.

Brites contou que o crime teria sido motivado após o jogador tentar estuprar sua esposa dentro do quarto da mesma. Para adentrar o recinto, ele precisou arrombar a porta.

No entanto, testemunhas desmentem o arrombamento e, segundo o delegado da Polícia Civil da cidade, Amadeu Trevisan, a vítima não tentou abusar sexualmente Cristiana.

“Confrontando as mensagens que Daniel trocou com amigos e os depoimentos, parece que Daniel só fez uma brincadeira infeliz, mas não há indícios de tentativa de estupro”, disse o delegado.

Edison, Cristiana e Allana foram presos na semana passada. O Ministério Público deverá denunciar os três à Justiça por suspeição de homicídio doloso – meio cruel, recurso que impossibilitou a defesa da vítima e fraude processual.

1 / 8
1
02:23
Paulo Guedes diz que renunciará se Previdência virar ‘reforminha’
O ministro Paulo Guedes (Economia) voltou a afirmar que se houver uma mudança muito radical na proposta original da reforma …
2
03:08
XP: Avaliação negativa do governo supera a positiva pela 1ª vez
De acordo com pesquisa da XP/Ipespe divulgada nesta sexta-feira, dia 24, a avaliação negativa do governo do presidente Jair Bolsonaro …
3
01:35
Governo libera o uso de mais 31 agrotóxicos no campo
O Ministério da Agricultura liberou o uso de mais 31 agrotóxicos nas lavouras do país. Entre eles, há produtos que …
4
02:33
Foto de manifestantes nus contra Bolsonaro é falsa
A foto de uma suposta manifestação de pessoas peladas na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)  que viralizou nas redes …
5
01:37
Lobão rompe com Bolsonaro: “Esse cara não me representa”
Em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, o cantor e compositor Lobão falou sobre sua decepção com Jair Bolsonaro e …
6
01:33
Milícias digitais perseguem MBL após críticas a Bolsonaro
O MBL (Movimento Brasil Livre) deixou de ser aliado para se tornar o novo alvo das milícias digitais pró-Bolsonaro. O …
7
03:41
Manifestação revela descompasso entre o Bolsonaro e a direita
A manifestação marcada para o próximo domingo, dia 26, aparentemente, gerou um desequilíbrio entre os grupos de direita apoiadores do …
8
01:29
Barragem da Vale em Barão de Cocais pode romper a qualquer hora
A barragem da mina do Gongo Soco, localizada em Barão de Cocais, em Minas Gerais pode romper a qualquer momento. …