Dono do Giraffas afasta filho após declarações contra quarentena

Alexandre Guerra disse que "quem está com medo do coronavírus deveria ter medo de perder o emprego".

Por: Redação

O empresário Alexandre Guerra, acionista e membro do conselho da rede de restaurantes Giraffas, foi afastado do cargo pelo pai nesta quarta-feira, 25, após atacar o isolamento social por conta do novo coronavírus (covid-19).

Crédito: Reprodução / O TempoEmpresário grava vídeo dizendo que quem é funcionário está de boa em casa fazendo home office

Carlos Guerra, fundador da rede, postou um vídeo no Twitter rebatendo as declarações do filho e afirmando que a opinião dele “não reflete e muito menos representa a posição da empresa”.

“Nós estamos ouvindo vocês. Por isso, o presidente do Giraffas, Carlos Guerra, informa o nosso posicionamento diante à crise atual e restabelece a verdade. Além disso, lembramos: fiquem em casa e sigam as recomendações dos órgãos competentes de saúde. Juntos superaremos o Covid-19”, diz Carlos Guerra.

No último domingo, Alexandre Guerra disseminou além do medo pelo que está por vir com a pandemia, o temor do desemprego. No vídeo, ele disse: “Qual é o custo do que estamos vivendo?“. E prossegue: “Você que é funcionário, que talvez esteja em casa numa boa, numa tranquilidade, curtindo um pouco esse home office, esse descanso forçado, você já seu deu conta que, ao invés de estar com medo de pegar esse vírus, você deveria também estar com medo de perder o emprego?”



A gravação foi feita na semana passada para Nação Empreendedora, uma rede de pequenos empreendedores. Alexandre esclarece que apenas compartilha sua “preocupação com o cenário econômico mundial”.

✅ ALEXANDRE GUERRADono da rede de lanchonetes Giraffa’sVALE A PENA ASSISTIR👏👏👏#tvguarujanews🇧🇷Pra todo mundo no mundo todo.Publicado Por:#ElianePaula

Posted by Tv Guarujá News on Sunday, March 22, 2020

Após a publicação, que viralizou nas redes, internautas defenderam um boicote a rede de restaurantes.

Compartilhe:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.