Família ameaça médico que anotou suspeita de covid-19 em óbito

Paciente morreu com um quadro semelhante ao de coronavírus no Pará

Por: Redação

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra um médico do Pará sendo agredido por ter inserido na certidão de óbito “suspeita de coronavírus”. Os familiares duvidaram de que a morte poderia ter alguma relação com a covid-19.

Um homem chega a arrancar a máscara do médico, equipamento essencial para os profissionais de saúde.



Uma mulher, a mais exaltada do grupo, alega que o teste leva sete dias para ficar pronto, e o médico não poderia afirmar a causa da morte por causa disso. Apesar de o médico reafirmar a suspeita, e não a certeza, a família exigiu a alteração do atestado de óbito.