Jovem é decapitada pelo ex-namorado em Rio Branco no Acre

Criminoso ainda abandou a cabeça da vítima na porta da casa da mãe dela

Por: Redação

Uma jovem de 17 anos foi morta e decapitada na sexta-feira, 21, em Rio Branco no Acre. O principal suspeito é o namorado da vítima, um ex-agente penitenciário. As informações são do portal UOL.

A brutalidade, neste caso, foi além do assassinato. O criminoso ainda caminhou com a cabeça da vítima e a abandonou na porta da casa da mãe dela.

Segundo investigação da Polícia Civil, o crime aconteceu após uma discussão do casal, que namoravam a cerca de dois anos. Não há informações se a jovem já tinha registrado algum denuncia contra ele.

O criminoso foi identificado e preso na noite de ontem, 22, enquanto bebia e usava entorpecentes com amigos em campo de futebol da cidade.

mulher vítima de violência
Crédito: IstockO Brasil é o 5º país que mais matam mulheres no mundo.

Infelizmente, a violência contra mulher é um problema recorrente no Brasil, país considerado o 5º que mais mata mulheres no mundo.

Você sabe o que é feminicídio?

O feminicídio é o homicídio de mulheres em função do gênero. Ou seja, a morte pelo simples fato de ser mulher.  Normalmente, o é o último estágio de um ciclo de violência que começa, por exemplo, pela:

  • Violência doméstica ou familiar

Esse tipo de crime é um dos mais comuns no Brasil e é praticado, em geral, por pessoas conhecidas da vítima, como parceiros, ex-parceiros ou familiares.

Não é só a agressão física que configura um crime de violência doméstica. A agressão moral, patrimonial e psicológica também são enquadrados neste tipo de ocorrência.

O feminicío, neste caso, é visto como o último estágio do ciclo de violência doméstica, quando situação chegou ao ponto mais extremo e teve como fim a morte de uma mulher.

Veja abaixo como registrar uma denúncia.