Publicidade

Informar

Metrô de SP terá novo túnel da estação Consolação à Paulista

O metrô fez uma licitação para interessados em projetar a nova passagem

Por: Redação | Comunicar erro
...
Publicidade
Linha 4 – Amarela do Metrô de São Paulo

Para quem usa as linhas 2 (Verde) e 4 (Amarela) do Metrô de São Paulo, sabe que a transferência entre as estações Consolação e Paulista tem um grande fluxo de passageiros, principalmente nos horários de pico. Mas, agora, o metrô planeja construir um novo túnel no local.

O metrô da capital paulista fez uma licitação para interessados em projetar a nova passagem na estação Consolação, localizada na Avenida Paulista. O pedido de manifestação para o projeto foi publicado no Diário Oficial do Estado no último dia 31 de outubro.

Segundo o texto que explica a licitação, o governo de São Paulo diz que recebeu um empréstimo do Banco Mundial para financiar a fase 2 da Linha Amarela e que pretende aplicar parte dos recursos em “consultoria”.

O serviço de consultaria determina “a elaboração dos projetos executivos de engenharia civil, acabamento, comunicação visual e prestação de serviços de acompanhamento técnico do túnel de conexão complementar entre a Estação Paulista da Linha 4 – Amarela e a Estação Consolação da Linha 2 – Verde da Companhia do Metropolitano de São Paulo – Metrô para conclusão da Fase 2 da Linha 4”.

Os interessados deverão entregar as propostas até o dia 17 de novembro. Como informou o metrô, um consultor será selecionado em processo de lista curta. Não há previsão do valor a ser pago pelo serviço, pois é um financiamento do Banco Mundial recebido para as obras da linha Amarela e também não há previsão de quando o novo túnel será construído.

  • Leia mais:

Compartilhe:

Publicidade
Publicidade

Museu de Anatomia Humana da USP exibe peças que ensina como o seu corpo funciona

Cereja Flor: O lugar das taças de sorvetes gigantes em São Paulo

Fondue taiwanês é a próxima delícia que você tem de provar

Médica tira dúvidas sobre anticoncepcional

Refugiados se tornaram microempreendedores em um lava-rápido em São Paulo

Publicidade