Nesta quarta-feira, 6, a zona sul da capital paulista ganhou mais três estações da Linha 5-Lilás do Metrô: Alto da Boa Vista, Borba Gato e Brooklin. As informações são do "Estadão".

Créditos: Mastrangelo Reino/A2img

Brooklin é uma das estações que foram inauguradas nesta quarta

Inicialmente, as três paradas vão funcionar apenas das 10h às 15h com operação assistida e sem cobrança de tarifa. A última vez que o Metrô inaugurou alguma estação foi há três anos com a estação Fradique Coutinho, em Pinheiros, zona oeste, da Linha 4-Amarela. Não há previsão de quando o funcionamento das estações passe a ser ampliado.

As estações ainda vão passar por ajustes, como a instalação dos elevadores em um dos acessos à Estação Borba Gato, pela rua Adolfo Pinheiro, e as portas de plataforma.

O usuário vai poder embarcar de graça em qualquer uma das três paradas e circular por elas, mas apenas até a Estação Adolfo Pinheiro, a última em operação da linha. Nessa estação, os usuários vão ser orientados por placas e funcionários da companhia de como prosseguir viagem pela área paga.

Toda a linha era prometida para ser entregue em 2014, mas ficou paralisada por ordem da Justiça por conta das suspeitas de atuação de cartéis pela empresa de engenharia e dos trens.

Segundo o "Estadão", a gestão Alckmin deve entregar até o ano que vem 21 estações: sete que estão paradas da Linha 5-Lilás, mais três na Linha 4-Amarela, oito da Linha 15-Prata (o monotrilho) e três estações na Linha 13-Jade, da CPTM, que deve ligar a capital ao Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos.

O mandato do governador vai terminar sem cumprir a promessa de entregar o monotrilho da Linha 17-Ouro, na zona sul, e a  Estação Vila Sônia, da Linha 4-Amarela, que devem ficar para 2019.

  • Veja também: 

Mulher canta 'Evidências' no metrô de São Paulo e é surpreendida