Mulher pede uma pizza por telefone e é salva de violência doméstica

O policial foi elogiado pelo raciocínio rápido ao atender a chamada, que levou o acusado de agressão a ser preso

Por: Redação

Um pedido de pizza serviu como denúncia de violência doméstica, em Oregon, nos Estados Unidos, quando no dia 12 de novembro, uma mulher fingir que pedia uma pizza para denunciar que a mãe estaria sendo agredido pelo companheiro.

mulher pizza violência doméstica
Crédito: Istock/ShDPhotoMulher pede uma pizza por telefone e é salva de violência doméstica

O policial foi elogiado pelo raciocínio rápido ao atender a chamada, que levou o acusado de agressão a ser preso, informou a BBC.

O atendente da delegacia, Tim Teneyck, primeiramente insistiu que a mulher havia se enganado ao discar o número e ligado para o lugar errado. Foi com a insistência dela em afirmar que não errou que ele notou o que acontecida.

Teneyck, ao ser entrevistado pela emissora local 13 ABC, disse que a conversa teria sido assim:

Teneyck: Oregon, 911

Mulher: Gostaria de pedir uma pizza.

Teneyck: Você ligou para o 911 e quer pedir pizza?

Mulher: É… Sim. Apartamento (número do apartamento).

Teneyck: Esse é o número errado, aqui não é pizzaria…

Mulher: Não, não! Você não está entendendo…

Teneyck: Estou entendendo agora. O cara está aí?

Mulher: Sim. Quero uma pizza grande.

Teneyck: Ok. E médico, você precisa de ser atendida por um médico?

Mulher: Não. Com pepperoni.

Essa tática de ligar disfarçadamente para a emergência é estimulada na internet há anos, segundo a BBC. Este é um caso confirmado de que a estratégia deu certo. Ainda segundo Teneyck, esta prática como pedido de ajuda ocorre constantemente no país, porém ele afirma que “não é algo para o qual alguém seja treinado para lidar”.

E no Brasil? Veja como denunciar violência doméstica:

  • Disque 180

O Disque-Denúncia foi criado pela Secretaria de Políticas para Mulheres (SPM). A denúncia é anônima e gratuita, disponível 24 horas, em todo o país. Os casos recebidos pela central são encaminhados ao Ministério Público.

  • Disque 100

O serviço pode ser considerado como “pronto socorro” dos direitos humanos pois atende também graves situações de violações que acabaram de ocorrer ou que ainda estão em curso, acionando os órgãos competentes, possibilitando o flagrante. O Disque 100 funciona diariamente, 24 horas por dia, incluindo sábados, domingos e feriados.

As ligações podem ser feitas de todo o Brasil por meio de discagem gratuita, de qualquer terminal telefônico fixo ou móvel (celular), bastando discar 100.

  • Delegacia da Mulher

Um levantamento feito pelo portal Gênero e Número, mostra que existem apenas 21 delegacias especializadas no atendimento às mulheres com funcionamento 24 horas em todo o país. Dessas, só São Paulo e Rio de Janeiro possuem delegacias fora das capitais.

  • Polícia Militar (190)

A vítima ou a testemunha pode procurar uma delegacia comum, onde deve ter prioridade no atendimento ou mesmo pedir ajuda por meio do telefone 190. Nesse caso, vai uma viatura da Polícia Militar até o local. Havendo flagrante da ameaça ou agressão, o homem é levado à delegacia, registra-se a ocorrência, ouve-se a vítima e as testemunhas. Na audiência de custódia, o juiz decide se ele ficará preso ou será posto em liberdade.

Atenção ao protocolo policial! O atendimento presencial de um chamado depende de muitos fatores, como a disponibilidade de uma viatura no momento e uma avaliação da gravidade da situação. A ameaça à vida e à integridade física de alguém são sempre prioridade em relação a outros chamados, por isso, é importante explicar exatamente o que está ocorrendo quando solicitar o atendimento ao 190. Fale se já ouviu outras discussões antes e ligue mais vezes caso a viatura demore a aparecer. Para mais informações, clique aqui.

1
Greta Thunberg: pirralha para Bolsonaro, personalidade para Time
A jovem sueca Greta Thunberg é hoje um dos principais nomes da causa ambiental mundial. Ela transformou a sua greve …
2
Moda e consumo consciente na periferia: conheça o Brechó do Barulho
A periferia domina a moda sustentável. O movimento de trocar e emprestar sempre esteve presente nas quebradas de todo o …
3
Djonga, Criolo e Cynthia Luz comentam ‘volta’ do AI-5
A Catraca Livre e o rapper V.A.L.E, do grupo MR-13 e Batalha da Matrix, colaram no Festival Sons da Rua, …
4
Podemos decide expulsar o deputado Marco Feliciano do partido
A diretoria do partido Podemos em São Paulo decidiu na segunda-feira, 9, expulsar o deputado federal Pastor Marco Feliciano da …
5
Joice Hasselmann fala sobre o Pavão Misterioso e o Gabinete do Ódio
Pavão Misterioso, Gabinete do Ódio de Bolsonaro e muitas outras questões foram abordadas no depoimento da deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) …
6
Os principais pontos do pacote anticrime de Moro aprovado pela Câmara
A Câmara dos Deputados aprovou na quarta-feira, 4, o pacote anticrime do ministro da Justiça, Sergio Moro. O conjunto de …
7
Tudo o que se sabe sobre a ação policial em Paraisópolis
No último domingo, 9 jovens morreram supostamente pisoteados durante ação realizada pela Polícia Militar na comunidade de Paraisópolis, em São …
8
PSL pune postura de Eduardo Bolsonaro e de outros 17 parlamentares
O diretório nacional do Partido Social Liberal (PSL) decidiu na terça-feira, 3, punir 18 parlamentares acusados de articular o afastamento …