Últimas notícias:

Loading...

OAB decide protocolar pedido de impeachment de Temer na Câmara

Por: Redação

Na madrugada deste domingo, 21, o Conselho Federal da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil, decidiu apoiar o impeachment do presidente Michel Temer (PMDB) por crime de responsabilidade, e formular pedido a ser protocolado na Câmara dos Deputados nos próximos dias. A informação foi publicada na Folha de S.Paulo.

A decisão foi tomada após uma reunião extraordinária que durou cerca de oito horas. No total, 25 bancadas votaram a favor do impedimento do presidente e 1 foi contra. Cada voto corresponde à representação da OAB em um Estado do Brasil. O Amapá votou contra e o Acre não compareceu.

Quatro conselheiros da Ordem formaram uma comissão para analisar os documentos divulgados na quinta-feira, 18, pelo STF (Supremo Tribunal Federal) sobre a delação dos irmãos Batista, donos da JBS, que serviu de base para abertura de inquérito contra o presidente.

Durante pronunciamento oficial, Temer disse que vai pedir suspensão de inquérito ao STF até que gravação seja periciada

Discurso no sábado

Temer fez um discurso na tarde de sábado, 20, onde buscou descreditar o delator. Flavio Pansieri, do Paraná, relator da comissão da OAB, leu relatório em que considerou que o presidente cometeu crime de responsabilidade no trecho da conversa em que Joesley Batista diz ter sob controle dois juízes e um procurador da Lava Jato.

Os conselheiros entenderam que Temer se omitiu de denunciar os crimes que ouviu na ocasião, portanto, teria prevaricado. Segundo o relatório, “omitir-se do dever legal de agir diante de um crime” é crime de responsabilidade.

O Conselho da OAB ainda cedeu espaço na reunião para a defesa do presidente, realizada oralmente pelo deputado Carlos Marun, líder do PMDB e advogado de formação. Ele desqualificou as provas levantadas pela PGR (Procuradoria Geral da República) e citou reportagem da Folha que revela que o áudio divulgado por Batista tinha cortes.

O deputado classificou o inquérito como complô e também pediu mais prazo aos advogados. Os conselheiros demoraram seis horas para decidir por não conceder o direito.

A OAB é a maior entidade da sociedade civil do país. Em 1992, protocolou o pedido de impeachment de Fernando Collor de Mello, ao lado da ABI (Associação Brasileira de Imprensa). Em março do ano passado, o conselho também aprovou o impedimento de Dilma Rousseff.

Já existem ao menos oito pedidos de impeachment protocolados na Câmara dos Deputados.

Leia a matéria na íntegra.

O que já aconteceu desde a delação da JBS:

Compartilhe:

Tags: #Corrupção
?>