PMs surpreendem criança que pediu comida em carta a Papai Noel

"Papai Noel, mande aqui para a minha casa uma cesta de alimentos", escreveu Gabriel; veja como presentear outras crianças neste Natal

Por: Redação
carta de criança para o Papai Noel
Crédito: Divulgação/Polícia MilitarCarta surpreendeu os policiais militares

Policiais militares de Peruíbe, no litoral de São Paulo, foram surpreendidos nesta quinta-feira, 14, com uma carta de pedidos de presentes de Natal para o Papai Noel.

Durante um patrulhamento, os PMs receberam a cartinha para que fosse levada até os Correios. “Papai Noel, mande aqui para a minha casa uma cesta de alimentos”, escreveu Gabriel, de apenas 10 anos de idade. Ao lerem o texto, os agentes se emocionaram e decidiram realizar os desejos do menino.

Policiais militares e menino
Crédito: Divulgação/Polícia MilitarOs policiais militares resolveram realizar o desejo do menino

A carta foi escrita pela criança e entregue pela mãe aos policiais na viatura, que apenas pediu para eles levarem até uma agência na cidade.

Um dos PMs viu que o remetente era o Papai Noel e logo entendeu que o pedido iria para a campanha “Papai Noel dos Correios”, que, todos os anos, recebe cartinhas de crianças para que sejam “adotadas” por voluntários que as presenteiam.

cesta básica
Crédito: Divulgação/Polícia MilitarEntre os presentes, os PMs deram uma cesta básica para a família do garoto

Sem pensar duas vezes, os policiais tiveram a ideia de presentear o garoto que escreveu a carta, porém, ainda não sabiam quais presentes ele desejava. Em vez de brinquedos, Gabriel pedia comida para a família passar o Natal e dois pares de chinelo para ele e o irmão, que tem autismo.

Os PMs comparam uma cesta básica, os calçados e doces para as crianças. No mesmo dia, levaram os presentes de Natal para a família e surpreenderam o menino, que não esperava que o Papai Noel atendesse seus pedidos tão rápido.

Campanha de Natal dos Correios

O Natal se aproxima e a campanha “Papai Noel dos Correios” já começou. Até a última sexta do mês, dia 29, estará disponível a adoção de cartas pela internet em várias cidades do país.

A campanha surgiu há 30 anos e compila cartinhas que crianças, estudantes das escolas da rede pública até o 5º ano do fundamental e instituições parceiras mandam para os correios. Seis milhões de cartas já foram atendidas, segundo a empresa.

Estão disponíveis para fazerem a doação online as seguintes cidades: Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Cuiabá (MT), Curitiba (PR), Goiânia (GO), Porto Alegre (SC), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA) e região metropolitana de São Paulo (SP).

O apadrinhamento é feito pelo blog e é possível adotar quantas crianças quiser, mas o presente precisa ser levado até o local definido pelos Correios.

Compartilhe: