Últimas notícias:

Loading...

Regina Duarte curte spa à espera da nomeação para Cinemateca

A atriz aguardou o cargo por mais de um ano. Agora vai ter pouco a gerir

Por: Redação

Na mesma noite em que o acervo da Cinemateca Brasileira era destruído pelas chamas em São Paulo, Regina Duarte, ex-secretária de Cultura do governo de Jair Bolsonaro (sem partido), estava em um spa de luxo de Gramado, no Rio Grande do Sul, curtindo o friozinho da região.

A atriz aguarda a formalização para presidir a Cinemateca há mais de um ano, quando foi demitida de uma gestão relâmpago na pasta da Cultura.

Crédito: Reprodução/InstagramRegina Duarte curte spa à espera da nomeação para Cinemateca. Agora vai ter pouco a gerir

O galpão da Cinemateca, na Vila Leopoldina, zona oeste de São Paulo, incendiou no início da noite da quinta-feira, 29. O risco de incêndio foi previsto tanto na sede da Cinemateca, na Vila Mariana, como nos galpões da Vila Leopoldina por autoridades.

Na manhã do dia 20 de maio de 2020, Regina Duarte deixou a secretaria de Cultura com a promessa de comandar a Cinemateca Brasileira.

Em pouco mais de dois meses à frente da Secretaria de Cultura, Regina Duarte protagonizou diversos embates e situações embaraçosas. A mais memorável de todas foi quando demonstrou estar absolutamente alinhada ideologicamente com Bolsonaro em uma entrevista à CNN, na qual debochou dos mortos do coronavírus e minimizou os efeitos da ditadura no Brasil.

Antes de dispensar a atriz, Bolsonaro compartilhou um vídeo do ator Mario Frias em que a troca ficava clara. Confira aqui.

Assista ao vídeo:

Compartilhe: