Mulher que acusava João de Deus de estupro comete suicídio

Uma das mulheres que relatou abuso do médium se matou nesta quarta-feira

Por: Redação | Comunicar erro
Tags: #suicídio

Sabrina Bittencourt, ativista social pelos direitos humanos, afirmou que uma das mulheres que relatou abuso de João de Deus se matou nesta quarta-feira, 12. A mulher se desesperou quando viu o médium retornar às funções na Casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia.

“A família da vítima nunca acreditou nos relatos de abuso”, disse Sabrina para a coluna de Mônica Bergamo, “São todos seguidores do médium”.

João de Deus Casa Dom Inácio de Loyola Abadiânia abuso sexual
Crédito: Reprodução/TV AnhangueraJoão de Deus foi à Casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia, após escândalo de abuso sexual

João de Deus apareceu pela primeira vez nesta quarta-feira, após as denúncias de abuso sexual. O médium desceu de um carro branco, ficou seis minutos no local e, antes de ir embora, declarou inocência.

No fim da tarde de hoje, o Ministério Público de Goiás pediu a prisão preventiva de João de Deus. Ele é acusado de abusar sexualmente de centenas de mulheres em atendimentos espirituais.

joão de deus estuprar
Crédito: Reprodução/TV GloboJoão de Deus é acusado de estuprar dezenas de fieis desde a década de 80

Desde a última sexta-feira, 7, quando o programa “Conversa com Bial” exibiu denúncias contra João de Deus, o MP de Goiás recebeu 206 denúncias de abusos cometidos pelo médium.

Compartilhe: