Oprah Winfrey retira do ar entrevista com João de Deus

O vídeo estava no canal de YouTube da apresentadora

Por: Redação Comunicar erro
João de Deus e Oprah
Crédito: ReproduçãoJoão de Deus foi entrevistado por Oprah em 2012

As denúncias de assédio sexual e estupro contra João de Deus estão repercutindo mundialmente. Após o escândalo, a apresentadora norte-americana Oprah Winfrey decidiu retirar de seu canal no YouTube uma entrevista feita com o médium em março de 2012.

Segundo informações da revista Exame, o conteúdo passou de “listado” para “não listado” e só pode ser visto por meio do link oficial. A reportagem sobre a Casa Dom Inácio de Loyola, que foi ao ar em seu programa Super Soul Sunday, é a única a ter sido excluída do canal oficial de Oprah.

#OprahWeNeedYou

Nos últimos dias, um grupo de mulheres criou o Combate ao Abuso no Meio Espiritual (COAME) para recolher depoimentos e dar apoio às vítimas do médium. Além disso, elas promoveram uma campanha por meio do Facebook para fazer um alerta às celebridades, como Oprah Winfrey, sobre os abusos. Assista ao vídeo:

We know of your good intention Oprah! But we are hundreds of women from Brazil, the United States, Germany, Spain, Austria, Australia, Holland, now identified as victims of sexual abuse of João de Deus, Abadiania, Goiás – Brazil.Our group in Brazil, is receiving hundreds of stories of abuse, many women and girls, heading for psychological treatment, legal advice, articulation with the press. Many women are in depression and attempting suicide.We hope your contact to think together, how to repair this terrible mistake of internationally indicating this man as someone serious, when most of the people already knew that he was a serial sexual abuser and psychopath. Thank you Oprah Winfrey #OprahWeNeedYou #ExposeAbuse #COAME #CHEGADEABUSO #MEETOOPlease share! Por favor comparta!Por favor compartilhe!

Posted by Sabrina de Campos on Sunday, December 9, 2018

Denúncias

O Ministério Público criou uma força tarefa para investigar os casos de abuso sexual que teriam sido cometidos pelo médium. Segundo o órgão, nos últimos dias, mais de 200 mulheres afirmaram terem sido vítimas do acusado.

Conhecido em todo mundo como João de Deus, João Teixeira de Faria tem 76 anos. A casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia, recebe até cinco mil pessoas por semana para atendimentos e cirurgias espirituais. Os primeiros casos de abuso contra o médium vieram à tona no programa “Conversa com Bial”, da última sexta-feira, 7.

Compartilhe:

1
03:39
Bolsonaro nega envolvimento no caso das candidaturas laranjas do PSL
Durante um de seus encontros recentes com a imprensa, o presidente Jair Bolsonaro voltou a dizer que não tem nenhuma …
2
02:55
STF quer verificar a veracidade dos diálogos entre procuradores e Moro
O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes, quer verificar a autenticidade das conversas trocadas entre procuradores da Lava …
3
05:39
Por que o STF e a Operação Lava Jato estão em clima de guerra?
A tensão existente entre a Operação Lava Jato e o Supremo Tribunal Federal (STF) não é nenhuma novidade. O problema …
4
03:56
A verdadeira face de Ysani Kalapalo
A presença da jovem indígena Ysani Kalapalo na comitiva do presidente Jair Bolsonaro à ONU, na semana passada, ainda causa …
5
06:40
Trump pode sofrer impeachment?
A abertura de um processo de impeachment contra o presidente norte-americano, Donald Trump, se tornou um dos assuntos mais comentados …
6
15:16
ONU: Bolsonaro elege socialismo, mídia e países europeus como alvos
O presidente Jair Bolsonaro fez, nesta terça-feira, dia 24, seu primeiro discurso na Assembleia Geral da ONU (Organizações das Nações …
7
11:28
Bolsonaro: Brasil é ‘um dos países que mais protegem o meio ambiente’
O presidente Jair Bolsonaro fez, nesta terça-feira, seu primeiro discurso na Assembleia Geral da ONU (Organizações das Nações Unidas). O …
8
08:59
Lobão analisa a relação de Bolsonaro com seus filhos
Um dos poucos nomes do meio artístico a apoiar a eleição de Jair Bolsonaro (PSL), o músico Lobão revelou recentemente …