Últimas notícias:

Loading...

As provas de que os aplicativos de paquera vão muito além do primeiro encontro

Por: Redação

O outono finalmente resolveu dar as caras, com aquele friozinho bem propício para dividir o sofá e a pipoca. <3 Se você está sozinho, nada de ficar deprimido! Enquanto houver wifi e um smartphone há esperança de um cobertor de orelha um amor para vida toda.

Graças aos aplicativos de paquera, existem muitos casais sendo unidos no mundo todo. Ingrid Brandão, de 22 anos, é prova disso. Ela conheceu o marido no Adote um Cara, aquele app que simula uma loja on-line, com homens na vitrine para as mulheres escolherem. “Coloquei no carrinho sem saber o que isso significava. Um ano e oito meses que o encontrei e dez meses que moramos juntos”, conta ela.

Ingrid e o marido se conheceram no Adote um Cara
Ingrid e o marido se conheceram no Adote um Cara

E a ideia de transformar os homens em produtos é levada na esportiva pela ala masculina. “Precisei usar um pouco meu lado vendedor para chamar atenção das clientes”, brinca Luiz Bonassoli, de 25 anos, que encontrou a namorada Giovanna Frede por lá.

A proposta do Adote um Cara é empoderar as mulheres no processo de conquista, fazendo com que elas escolham quem pode, ou não, falar com elas.

arquivo pessoal
Casal Giovanna e Luiz também é fruto do app

O funcionamento é simples: as meninas podem iniciar “suas compras” colocando o perfil do que mais lhe interessa no carrinho ou enviando uma mensagem. Já os homens, podem enviar “charmes” para demonstrar seu interesse. A grande vantagem para eles é que, se ela aceita, significa que já existe um interesse mútuo. Para as mulheres, a grande vantagem é de não serem importunadas com mensagens indesejadas.

O interessante é que dá para buscar pessoas por afinidades, gostos e estilos, usando hastags, como #hipster, #tatuados, #punk  #brankingbad e por aí vai. Além disso, o app conta com o serviço de geolocalização, que avisa quem está por perto, e com a busca vocal inteligente. Para experimentar, é só baixar na versão Android ou iOS.

Compartilhe:

Tags: #Aplicativos
?>