Últimas notícias:

Loading...

Saiba o que é psicopedagogia e qual o papel dela nas escolas

Apoio psicopedagógico pode ser a chave para o sucesso na construção do conhecimento

Por: Oferecimento SEB (Sistema Educacional Brasileiro)

Problemas psicológicos afetam a concentração e o desempenho de crianças e adolescentes, mas, se forem sanados, a construção do conhecimento se torna mais prazerosa e fluida. Por isso, é importante o apoio psicopedagógico nas escolas.

A psicopedagogia integra o processo de formação, tendo uma grande influência que se reflete durante toda a vida daquele indivíduo em desenvolvimento.

Qual o papel do apoio psicopedagógico na formação de crianças e adolescentes?
Crédito: Yan Krukov/Pexels Qual o papel do apoio psicopedagógico na formação de crianças e adolescentes?

Para que você possa entender melhor a área de atuação, o blog Novos Alunos, do Grupo SEB (Sistema Educacional Brasileiro), esclarece o papel da psicopedagogia na vida, nos estudos e na formação das crianças e adolescentes. Acompanhe!

Qual o papel do apoio psicopedagógico na formação de crianças e adolescentes?

Em resumo, podemos dizer que o objetivo do apoio psicopedagógico é ajudar a criança ou o adolescente a assimilar e construir o conhecimento. O psicopedagogo trabalha exatamente com os processos de aprendizagem, procurando entender as causas das dificuldades e limitações existentes para atuar na origem delas — seja essa origem social, física ou emocional.

Quando falamos em aprendizagem, isso vai muito além das etapas iniciais: na verdade, trata-se de todo o processo de construção de conhecimento que faz parte do desenvolvimento humano.

Por isso, diz-se que o apoio psicopedagógico é preventivo e terapêutico. Na escola, ele ajuda os docentes a olharem de forma cuidadosa para as crianças e adolescentes, a fim de perceber qualquer discrepância de aprendizado.

Saiba o que é psicopedagogia e qual o papel dela nas escolas
Crédito: Helena Lopes/PexelsSaiba o que é psicopedagogia e qual o papel dela nas escolas

Também é papel do psicopedagogo orientar professores e familiares a lidarem com essas dificuldades.

Assim, ele ajuda — dentro e fora da escola — no processo de resgate da autoestima da criança e do adolescente, incentivando-os a terem prazer em aprender. Algumas crianças podem sofrer apenas com falta de estímulo e organização. Já outras, podem passar por problemas emocionais, transtornos psiquiátricos ou outras dificuldades associadas.

Entre as possíveis causas de problemas, podemos citar:

• fatores externos (problemas ambientais, econômicos, sociais, afetivos ou familiares);
• dislexia, discalculia ou disgrafia;
• Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) etc.

O apoio psicopedagógico busca identificar essas causas, oferecer acompanhamento personalizado e sugerir soluções para melhorar o desenvolvimento cognitivo, social e cultural da criança. Ele pode se apoiar em ferramentas e recursos como leitura, jogos, desenhos e outras técnicas, tanto para diagnosticar quanto para tratar os problemas identificados.

Quando os pais ou responsáveis devem recorrer ao apoio psicopedagógico?

educação
Crédito: FatCamera/iStockDiz-se que o apoio psicopedagógico é preventivo e terapêutico

Sempre que os pais perceberem ou forem avisados pela escola de alguma dificuldade na aprendizagem, é hora de buscar apoio psicopedagógico. Por isso, vale a pena dar atenção a alguns sinais, como:

• dificuldades de pronúncia;
• atrasos na fala;
• desinteresse pelo estudo;
• hiperatividade e/ou falta de atenção;
• fala ou escrita de sílabas, letras e palavras invertidas;
• caligrafia ilegível ou de difícil compreensão;
• isolamento de outros grupos de crianças e adolescentes etc.

De que forma a escola pode auxiliar nesse processo?

A percepção das dificuldades de aprendizado pode ser bem sutil. Cada criança ou adolescente tem suas particularidades, que podem se fazer presentes na maneira como ele se comunica com seus amigos, em seu comportamento ou na sua leitura e escrita.

Por isso, os educadores podem observar que a criança está com dificuldades em alguma área importante para o aprendizado e, assim, dar os primeiros alertas de que é importante buscar apoio psicopedagógico.

Ter essa ação proativa é muito importante, pois é ela que vai ajudar o aluno a se desenvolver melhor, realizando suas tarefas de forma mais eficiente, ao minimizar as dificuldades o mais rapidamente possível.

Quer saber mais sobre psicopedagogia? Visite o blog Novos Alunos e descubra!


Grupo SEB

Além do blog, que trata sobre assuntos como educação bilíngue, período integral, ensino médio, vestibulares e Enem, você pode acompanhar o conteúdo do SEB por meio da página no Facebook , no perfil no Instagram e no canal do Youtube. Você também pode assinar a newsletter para receber conteúdo por e-mail.