Últimas notícias:

Loading...

Ancine é acusada de dificultar estreia de filme de Lázaro Ramos

O longa que tem temática política, não tem data para lançamento em circuito comercial por questões burocráticas impostas pela Agência Nacional de Cinema

Por: Redação

O filme “Medida Provisória”, estreia do ator Lázaro Ramos na direção, tem enfrentado problemas em seu lançamento no circuito nacional. Embora a produção já conte com uma exibição marcada no Festival do Rio 2021, em 15 de dezembro, ela será apenas pontual por causa das dificuldades impostas pela Agência Nacional do Cinema (Ancine) para liberar a exibição.

Filme Lázaro Ramos
Crédito: DivulgaçãoO diretor do longa, Lázaro Ramos, e parte do elenco

As filmagens de Medida Provisória foram encerradas há dois anos, mas a produção segue inédita para o público. Em nota oficial enviada pela assessoria, a equipe do longa explica o longa não conta com estreia programada nos cinemas brasileiros, apesar de todos os recursos submetidos por suas produtoras e co-produtoras à Ancine para solucionar questões burocráticas.

“(…) informamos que esta exibição será pontual, já que “Medida Provisória” segue impossibilitado de ter seu lançamento no Brasil apesar dos inúmeros recursos submetidos por suas produtoras e coprodutoras à Agência Nacional do Cinema (Ancine) para que ele seja liberado em circuito comercial. Explicamos ainda que questões burocráticas seguem sem retorno conclusivo da agência desde novembro de 2020 – um ano antes de sua previsão inicial de estreia, que seria realizada no último mês de novembro”, afirmou o comunicado.

Em outubro deste ano, a produção enviou um questionamento formal à agência para entender os motivos do atraso da confirmação do lançamento do longa. Segundo a assessoria do filme, a Ancine confirmou o recebimento da carta, mas houve manifestação por parte de outros setores.

“Ao longo de mais de um ano foram trocados com a agência dezenas de e-mails, checados o recebimento e andamento de protocolos, bem como foram realizadas consultas processuais”, disse a nota.

Elenco de 'Medida Provisória'
Crédito: Reprodução Instagram Renata Sorrah, Alfred Enoch, Taís Araujo e Seu Jorge estão no elenco do filme

Apesar de todos os entraves, a equipe diz continuar confiante em anunciar em breve a data de estreia em todos os cinemas brasileiros.

“A equipe de Medida Provisória segue confiante na ANCINE e espera poder anunciar, em breve, uma data de lançamento para que todos os brasileiros possam conhecer o longa que tem em seu elenco nomes como Seu Jorge, Taís Araujo, Alfred Enoch, Adriana Esteves, Renata Sorrah, Mariana Xavier e Emicida, além das centenas de profissionais que trabalharam nos bastidores sempre acreditando no cinema nacional”.

O filme – que passou por dezenas de festivais internacionais com críticas positivas e inúmeros prêmios – é uma adaptação da peça “Namíbia, Não!”, de Aldri Anunciação encenada entre 2009 e 2011. Com temática antirracista, o filme fala de um futuro distópico no Brasil passando por diversas questões políticas, raciais e sociais muito relevantes atualmente.

Apesar de não haver nenhum comunicado formal da Ancine a respeito do conteúdo, o filme “Medida Provisória” pode estar sofrendo uma censura velada pela agência. O longa já foi criticado por representantes do governo do presidente Jair Bolsonaro (PL) em razão da temática abordada na obra.

O presidente da Fundação Cultural Palmares, Sérgio Camargo, classificou o filme de “lacração vitimista” e disse que o longa acusa o governo Bolsonaro de pretender empreender medida semelhante.

Compartilhe: