Últimas notícias:

Loading...

BBB 21: Linn da Quebrada faz refletir sobre cancelamento de Karol Conká

"A única forma de lidarmos com o cancelamento que está rolando na casa é cancelando a Karol também?", questionou a artista

Por: Redação
Ouça este conteúdo

A forma agressiva como Karol Conká tratou Lucas Penteado, nos últimos dias, dentro do Big Brother Brasil 21 (BBB 21) gerou uma onda de cancelamento da rapper e neste contexto, Linn da Quebrada fez uma série de publicações, em sua conta no Twitter, refletindo sobre o ocorrido na casa mais vigiada do Brasil e a repercussão na internet.

Crédito: Reprodução/Instagram e TV GloboBBB 21: Linn da Quebrada faz refletir sobre cancelamento de Karol Conká

“A única forma de lidarmos com o cancelamento que está rolando na casa é cancelando a Karol também??! nossa única alternativa eh a reprodução compulsória?? precisamos urgentemente pensar em outras formas de reparação”, escreveu Linn da Quebrada.

“Eu não estou sugerindo que a gente ignore o que está rolando e o que ela está fazendo. mas proponho que tbm nos coloquemos em jogo pra que a gente não repita as msm violências que tanto temos criticado. Ou que ao menos nos observemos certo distanciamento & autocrítica”.

“Gostaria de pensar em maneiras que efetivamente proponham responsabilização de maneira comprometida, sem que fosse necessário usar as mesmas ferramentas de violência e opressão que estamos tão habituadas. precisamos repensar os modelos antigos, fálicos & falidos de ‘justiça’”.

A atriz Brenda Safra respondeu  a artista contestando sua opinião. “Não, Linn. O que tá rolando com a Karol tá longe de ser cancelamento ou algo raso de internet. Ela tá recebendo notas de repúdio… e um repúdio extremamente válido e necessário. A Karol tá sendo violenta e abusiva. Ela tá torturando outro participante. Nunca foi sobre cancelamento”.

Lin, então, ponderou: “Eu tbm acho necessário tudo que tem se discutido, mas eu vejo tbm mto cancelamento sim. Agora tbm é necessário nos olhar com distanciamento e inclusive pra além das nossas bollhas. Eu não tenho uma resposta objetiva e fácil pra tudo que tá rolando. Mas tô pensando pra onde vamos”.

Compartilhe: