Demissão de Decotelli com passagem relâmpago no MEC vira meme na web

Carlos Decotelli ficou cinco dias no cargo e não chegou nem a tomar posse

Por: Redação

Carlos Alberto Decotelli virou motivo de memes na internet após pedir demissão do Ministério da Educação (MEC) em carta enviada ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido), nesta terça-feira, 30, depois de diversas mentiras terem sido descobertas no currículo do professor.

Crédito: Reprodução/TwitterDemissão de Decotelli com passagem relâmpago no MEC vira meme na web

Com uma passagem relâmpago, Decotelli ficou 5 dias no cargo e não chegou nem a tomar posse. Marcada para ontem, a cerimonia foi adiada, justamente, pelas inconsistências em seu currículo, com doutorado (na Argentina) e pós-doutorado (na Alemanha) inexistentes, além da titularidade como docente da FGV negada pela instituição.

Os memes brincando com a situação de descredito de Decotelli surgiram na web com a confirmação de sua demissão.

Confira a repercussão: