Últimas notícias:

Loading...

Ex de Andressa Urach questiona decisão dela de voltar à prostituição

“Que tipo de pessoa em sã consciência volta a se prostituir grávida? Estou orando e jejuando pela vida do meu filho”

Por: Redação

Nesta quarta-feira, 29, o ex-marido de Andressa Urach, Thiago Lopes, questionou, em suas redes sociais, a decisão da modelo de voltar à prostituição grávida após eles terem se separado, na semana passada.

Crédito: Reprodução/Instagram @andressaurachoficialEx de Andressa Urach questiona decisão dela de voltar à prostituição

“Que tipo de pessoa em sã consciência volta a se prostituir grávida? Que tipo de pessoa volta a fumar em plena formação do feto?”, questionou o ex da modelo, que continuou: “Estou orando e jejuando pela vida do meu filho”, afirmou Thiago Lopes.

Andressa Urach, anunciou nesta quarta que voltará à prostituição, numa publicação em seu perfil no Instagram. No post, a modelo aparece de top e biquíni cavado e afirma: Aviso: a Imola voltou”. Na época em que se prostituía, “Imola” é o nome que Andressa usava.

A modelo confirmou a volta aos programas, em entrevista à revista Quem, e ainda negou ter abortado o bebê que espera. “Ele acha que eu tirei o neném e quer me internar. Mas eu não tirei, só estou voltando a trabalhar porque tenho contas pra pagar já que ele me deixou grávida”, explicou.

Hoje, Andressa Urach ainda divulgou supostos trechos de conversas no WhatsApp com o ex e disse que foi traída por Thiago que negou a traição na sequência.

Vale destacar que nas mensagens mostradas por Andressa, seu ex diz ela estava “transtornada”, termo comumente usado quando homens praticam gaslighting – momento em que o homem lava uma mulher a acreditar que está louca, acreditando numa realidade paralela, que não existe, independente se isso é verdade ou não, comumente não sendo.

Gaslighting é um termo comum ultimamente, por ser uma prática usada em relacionamentos abusivos e até em cenas rotineiras, do dia a dia. Basicamente, essa é uma forma de abuso psicológico em que uma pessoa manipula outra, emite informações, distorce outras ou ainda inventa situações para fazer com que uma segunda pessoa duvide da sua memória, percepção e sanidade.

Ou seja, gaslighting ocorre quando um namorado agride fisicamente uma mulher num quarto escuro e insiste que ela bateu a cabeça caindo da cama durante a noite. Ele conta essa história de uma forma que ela começa a duvidar de si mesma e do que viveu. Em níveis extremos, essa prática pode levar uma pessoa à loucura.

Compartilhe: