Felipe Prior pede ajuda a Bolsonaro no Twitter e gera polêmica na web

"Jair Bolsonaro, ajuda 'nois' aí", disse o ex-BBB e arquiteto

Por: Redação
Ouça este conteúdo

O ex-BBB Felipe Prior usou seu perfil no Twitter para pedir ajuda ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para baixar os preços do cimento no país e gerou polêmica entre internautas.

Crédito: Agência Brasil e Reprodução/InstagramFelipe Prior pede ajuda a Bolsonaro no Twitter e gera polêmica na web

“Jair Bolsonaro, ajuda ‘nois’ aí. Saco de cimento estava 16 reais. Hoje está 25 e estão falando que vai chegar nos 30. Aí complica. Como que trabalha desse jeito?”, reclamou Felipe Prior para Bolsonaro na rede social.

Um dos comentários que mais chamou atenção foi do ex-colega de confinamento no BBB, Daniel Lenhardt. “F… porque ajudar é uma coisa que o Jair Bolsonaro nunca fez. Triste realidade”, disse.

“Se todo Brasileiro pressionasse os governantes o Brasil poderia ser um pouco melhor . Mas não ficam reclamando com a bunda no sofá . Prior errado não está. Ele como cidadão brasileiro tem o direito de questionar sim o Presidente”, defendeu uma internauta. “25,00 tá chorando? Aqui em Manaus custa 40,00 e o povo continua construindo. O mundo inteiro está passando por dificuldades. Deus está no controle de tudo!”, reclamou outra.

Um seguidor lembrou do apoio que Prior recebeu de bolsonaristas quando enfrentou Manu Gavassi no paredão e acabou eliminado do BBB20. “Os caras fud*** vc no seu paredão e agora querem fu*** seu trabalho”.

Para outro seguidor, Bolsonaro está “deixando a população morrer sem se preocupar imagina se ele vai pensar no bolso do povo”

Nem só o preço do cimento, reclamado por Prior foi lembrado. “TUDO tá absurdamente mais caro. Comida. Itens de escritório. TUDO! Depois fala que se preocupa com trabalhador. História pra boi dormir”, esbravejou um internauta.

Os escândalos de corrupção envolvendo os filhos de Bolsonaro também foram resgatados. “Dá um jeito e abaixa a porra do preço do cimento para o menino querido poder trabalhar. Não é todo mundo que faz fortuna desviando salária de funcionário público como você e seus filhos”, escreveu um seguidor.

Confira a repercussão: