CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Gabrielle Joie não quer fazer resignação sexual e explica porquê

"É parte do meu corpo, e isso não me faz menos mulher", afirmou a atriz que está no elenco de Bom Sucesso, novela das sete, da TV Globo

Por: Redação

A atriz Gabrielle Joie, que interpreta Michelly, em ‘Bom Sucesso’, novela das sete que estreou nesta semana na TV Globo, afirmou que não quer fazer cirurgia de resignação sexual. A jovem, de 21 anos, contou que seu órgão sexual não a faz se sentir menos mulher.

Gabrielle Joie resignação sexual
Crédito: Reprodução/InstagramGabrielle Joie não quer fazer resignação sexual e explica porquê

“É parte do meu corpo, e isso não me faz menos mulher. Não vejo como algo masculino. Eu me sinto uma mulher! Eu sou uma mulher transexual. Até o silicone eu reluto para colocar”, conta a atriz que interpreta na novela uma adolescente que está passando pela transição de gênero.

Carreira

Antes de viver a personagem Michelly, Gabrielle interpretou justamente uma transexual que recorre a uma clínica clandestina para colocar silicone. Esse foi seu primeiro papel de destaque na TV, na série ‘Sob Pressão’, da TV Globo.

Agora, ao mostrar a transição de Michelly, a atriz conta que tem se emocionado muito nos bastidores, inclusive ao gravar cenas de preconceito, retratando a triste realidade de transexuais pelo país a fora.

“Minha personagem enfrenta transtornos dentro e fora da escola por causa da transexualidade. Ela se entende como mulher, se vê dessa forma, quer ser tratada assim e não entende o motivo de os outros não processaram isso, se ela mesma se sente desse jeito”, explica a jovem atriz.

Gabrielle considera um avanço a maneira como a novela está conduzindo o tema.

Sinto um prazer enorme de contar para pessoas que não conhecem o assunto o que ele significa. Estar em uma novela é um prazer, além de uma oportunidade de mostrar que a gente existe”, afirmou.

Vida particular

Gabrielle contou que enfrentou dificuldades com os pais quando quis fazer a transição de gênero, mas que depois a relação melhorou. “Depois que eu conquistei minha independência, a aceitação ficou mais fácil na minha família”.

Sobre não revelar seu nome de batismo, a atriz explica que desde pequena se via como menina. “Eu sinto que, a partir do momento que nasceu a Gabrielle, ela sempre esteve aqui. Quando penso em mim criança, me vejo como menina e sempre foi ela que existiu”, disse a atriz.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.