Irmã de Rafael Miguel critica Justiça após prisão falsa: ‘desorganizada’

Camilla Miguel ainda criticou a imprensa por ter noticiado o fato equivocado

Por: Redação
Ouça este conteúdo

A irmã do ator Rafael Miguel, Camilla Miguel se manifestou, nesta quarta-feira, 28, após a Polícia ter anunciado a prisão de Paulo Cupertino, suspeito de matar o seu irmão em 2019 e depois perceber que havia cometido um erro. Embora a polícia de São Paulo tenha dito durante a manhã que Cupertino estava preso, mais tarde a declaração foi retratada.

Camilla Miguel e  Rafael Miguel
Crédito: ReproduçãoIrmã de Rafael Miguel critica Justiça após prisão falsa: ‘desorganizada’

“Está tudo bem. Seguimos, independente de qual a verdade. Quem me segue há tempos sabe que minha felicidade e reconstrução não é baseada na justiça do homem, tão falha e desorganizada”, escreveu Camilla no Instagram.

A irmã de Rafael Miguel ainda criticou a imprensa pela “irresponsabilidade de noticiar abertamente algo não verificado que pode abrir cicatrizes difíceis”: “Eu falo sobre a calma, porque aqui escolhi viver assim, com consciência, amor, humanismo”.

Irmã de Rafael Miguel faz novo desabafo após tragédia

O assassino do ator Rafael Miguel e de seus pais, não foi preso. O delegado-geral de Polícia Civil de São Paulo, Ruy Ferraz Fontes explicou que Polícia Militar do Paraná se confundiu e Paulo Cupertino não foi preso no norte paranaense. O próprio Ruy Ferraz Fontes havia confirmado a prisão pela manhã.

Na última segunda-feira, a Polícia Civil do Paraná descobriu que o comerciante fez uma identidade com uma certidão de nascimento falsa em Jataizinho (PR).

Ele estava usando nome falso de ‘Manoel Machado da Silva’ como um disfarce para se esconder da polícia.

Um servidor que atendeu o comerciante foi ouvido pela polícia. Mas em seu depoimento o homem disse não se lembrar de quando fez a carteira e que não sabia do caso.