Últimas notícias:

Loading...

Leonardo Vieira se mudou para Portugal com o marido após ameaças

"Já sofri ameaça de morte por ser eu", disse o ator; Leonardo é mais um dos LGBTs que buscam segurança e melhores condições de vida em outro país

Por: Redação

O ator Leonardo Vieira concedeu entrevista exclusiva ao jornal Extra e revelou que um dos motivos que o levou a sair do Brasil e ir morar em Portugal com o marido foi o fato de ter recebido ameaças de morte após sair do armário.

O galã, que hoje está com 50 anos de idade, também celebrou o fato de viver em um país onde a lei proíbe discriminação por orientação sexual.

leonardo vieira
Crédito: Reprodução/Instagram/@leonardovieiraatorLeonardo Vieira conta que se mudou para Portugal com o marido após ameaças de morte

“Em Portugal, a homofobia é bem menor que no Brasil, eu não sofro ameaças de morte por ser eu, como já aconteceu no meu país. Aqui, a morte de alguém por violência é notícia por semanas, pois não é como no Brasi, que se morre por bala perdida todos dias. Aqui me sinto seguro de ir e vir, seja dia ou noite.”, relatou o ator.

SAIBA O QUE FAZER E A QUEM RECORRER EM CASO DE HOMOFOBIA

Ele também compartilhou um pouco da realidade da violência no país lusitano.

“Não ando com medo de ser assaltado e até mesmo assassinado durante um assalto. Não tenho medo da polícia e de sofrer extorsão por ela.”, conta.

Leonardo também fez uma comparação entre os governos do Brasil e de Portugal. Hoje em dia, o país europeu tem no poder um socialista.

“Aqui não há um presidente que faz cortes na educação e estimula o uso de armas por crianças. Aqui em Portugal a extrema direita não está no poder. Esses são alguns dos motivos e já são o suficiente para eu ter escolhido morar em Portugal.”, revelou.

VEJA O QUE QUINZE FAMOSOS PENSAM SOBRE OS CORTES DE BOLSONARO NA EDUCAÇÃO

Criminalização da homofobia no Brasil

É um absurdo que o STF (Supremo Tribunal Federal) precise julgar uma lei, em pleno 2019, que criminalize a homofobia e a transfobia.

A gente fez algumas das principais autoridades do país pararem com julgamentos de corrupção e o escambau para se atentarem a uma questão: tem gente demais morrendo no Brasil por causa de preconceito. Olha que loucura!

Leia o texto completo:

Compartilhe:

?>