Entreter

Michael Jackson foi castrado pelo pai, revela ex-médico do cantor

O rei do pop morreu em junho de 2009

Por: Redação | Comunicar erro
Michael Jackson
Crédito: ReproduçãoMichael Jackson passou por processo de castração química, segundo revelou seu médico

Poucos dias depois da morte de Joe Jackson, pai do rei da música pop Michael Jackson, o controverso médico do artista, Conrad Murray, surpreendeu o mundo ao revelar que o cantor teria sido castrado por Joe.

De acordo com informações da revista People, Murray disse que “a crueldade expressada por Michael que ele havia vivido nas mãos de seu pai, particularmente o mau tratamento e, além disso, o fato de que ele foi castrado quimicamente para manter sua voz estridente, está além das palavras”, afirmou o médico.

É oportuno ressaltar que essa não é a primeira vez que Conrad Murray fala sobre intervenções no corpo de Michael Jackson ordenadas por seu pai para manter a voz do cantor “impeacável”.

Ainda, Conrad, que foi condenado por homicídio involuntário e cumpriu dois anos de prisão por administrar uma overdose de propofol ao rei do pop em 2009, contou no livro “This Is IT! A Vida Secreta do Dr. Conrad Murray e Michael Jackson”, lançado em 2016, que ele aplicava injeções de hormônio em Michael quando o mesmo tinha 12 anos para curar acne e impedir que sua voz mudasse.

Já após a morte de Joe Jackson, no dia 27 de junho deste ano, vítima de um câncer no pâncreas, Murray disse no vídeo The Blast desejar que “Joe Jackson encontre a redenção [por seus atos contra os filhos] no inferno”.

Joe foi empresário do grupo Jackson 5 – nos a nos 60 – e das carreiras solos de Michael e Janet Jackson.

Sua fama não era das melhores, visto que em documentários feitos sobre sua família, foram revelados segredos obscuros a respeito de como Michael Jackson e seus irmãos atingiram o sucesso.

Isso porque Joe era extremamente rígido. Inclusive, anos depois, ele foi acusado de práticas parentais abusivas, maus tratos e violência física dirigida aos herdeiros. Embora tenha reconhecido ser um abusador, nunca chegou a pedir desculpas.

“Sou grato por ter sido duro, pois olhe só o que consegui: um grupo de crianças que o mundo todo amava”, disse ele na época das denúncias.

Em entrevista à CNN, em 2013, Janet Jackson confirmou as acusações e ressaltou que as crianças não eram autorizadas a chamar o pai de “pai”, mas pelo seu nome.

É oportuno ressaltar que Michael Jackson deixou seu pai fora de seu testamento.

Morre Joe Jackson, pai do cantor Michael Jackson

Compartilhe: