CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Najila Trindade diz sofrer julgamentos, após processo contra Neymar

“Nos fazem parecer loucas por não aceitar situações que nos machucam”

Por: Redação

Um ano após perder um dos processos contra Neymar, acusado de estupro, Najila Trindade ainda sofre os efeitos de ter seu nome envolvido no escândalo. A modelo, que está morando com a família em Ilhéus, na Bahia, disse que tem sido muito julgada pela sociedade machista, e por isso, resolveu se mudar para receber apoio dos parentes.

najila trindade
Crédito: Reprodução/InstagramNajila reapareceu um ano após polêmica com Neymar

“Na verdade, a sociedade é assim. Tiram a nossa voz, nos calam, nos culpam e nos fazem parecer loucas por não aceitar situações que nos machucam, e isso acontece há séculos”, declarou ao jornal Extra.

Najila contou também que tem sofrido de insônia, fugindo das redes sociais e se sentiu massacrada pelo ódio: “Foi desgastante e desrespeitoso não só pra mim, mas pra minha família também. Um sofrimento atroz. Cheguei na exaustão do meu físico, emocional, psicológico e principalmente espiritual. Me quebrei e me quebraram por inteiro […]”.

A famosa ainda relatou em detalhes os tipos de agressões que viveu. “Foi a fase mais difícil da minha vida, embora eu já tenha sofrido antes com abusos físicos, psicológicos e gaslighting (uma forma de abuso psicológico), esse foi, com toda certeza, um período de muita brutalidade e escrutínio público, que me coagiu e aprisionou a sentimentos e emoções extremamente sombrios e negativos”, completou.

Por fim, Najila refletiu sobre o feminino e o feminismo: “Hoje entendo o porque milhares de mulheres se calam e se submetem a determinadas situações. É um sentimento de impotência perante todo um sistema. É preciso muita força e coragem — e até mesmo uma dose de loucura — para enfrentar tudo isso. E, infelizmente, nem todas têm ou conseguem”.

Compartilhe:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.