Polícia vai até A Fazenda e abre inquérito contra Phellipe por assédio

A Polícia Civil foi até a sede do reality colher o depoimento de Hariany Almeida. Phellipe Haagensen deu um beijo à força na ex-BBB

Por: Redação

Uma equipe da Polícia Civil de Itapecerica da Serra (SP) foi até a sede de ‘A Fazenda 11’ e informou que abriu inquérito contra Phellipe Haagensen por assédio, nesta segunda-feira, 30.

Crédito: Reprodução/RecordTVPolícia vai até A Fazenda e abre inquérito contra Phellipe por assédio

A polícia se dirigiu a sede do reality da Record TV para colher o depoimento de Hariany Almeida sobre sua denúncia de assédio e importunação sexual contra Phellipe. O cantor foi expulso do reality show na noite de domingo,29, por ter beijado a ex-BBB à força.

“Todas as circunstâncias relativas aos fatos são investigadas por meio de inquérito policial instaurado pela Delegacia de Itapecerica da Serra”, disse a Polícia Cívil, em nota para o portal ‘NaTelinha’.

Veja como denunciar casos de assédio

Na madrugada de sábado (28), Haagensen deu um beijo em Hariany sem seu consentimento durante uma discussão. Incomodada, ela foi até a casa de ferramentas do confinamento, tocou o sino e relatou o caso, dizendo ter sido vítima de assédio.

“Phellipe me assediou, beijou na minha boca sem eu querer. A gente estava discutindo, ele veio me agarrar. Acredito que isso não seja certo. Ele já denegriu [sic] as outras mulheres da Fazenda. Essa pessoa passou dos limites, eu não poderia deixar isso passar”, denunciou Hariany diretamente à câmera do programa.

A Record demorou quase 48 horas para expulsar o ator e cantor do programa, causando a revolta de internautas e fãs da ex-BBB. “Beijo forçado é considerado crime. A produção deve cumprir o regulamento e as leis. Por Hariany sentir-se invadida pelo beijo, que de fato aconteceu, como ele mesmo verbalizou, o departamento jurídico da Record definiu que ele está expulso a partir desse momento”, informou Marcos Mion, ao vivo, no domingo.