Tiago Abravanel fala pela 1ª vez sobre namoro com produtor

"Nunca estive no armário, gente", assegurou o ator e cantor neto de Silvio Santos

Por: Redação

Tiago Abravanel fala pela primeira vez sobre seu namoro com o produtor Fernando Poli, com quem ele mantém um relacionamento há aproximadamente cinco anos. O neto de Silvio Santos tocou no assunto durante entrevista ao jornal ‘O Estado de S.Paulo’.

Tiago Abravanel namoro
Crédito: Reprodução/InstagramTiago Abravanel fala pela 1ª vez sobre namoro com produtor

Tiago Abravanel explicou porque nunca tinha falado no assunto. “Eu nunca me escondi. Eu nunca falei disso porque achei que nunca foi preciso falar”, declarou o neto de Silvio Santos.

“Falaram: ‘Finalmente, o Tiago saiu do armário’. Nunca estive no armário, gente. Mas fico feliz por toda essa repercussão, que foi por conta de acasos da rede social, porque nossos amigos vazaram uma foto ou alguma coisa assim, e eles não fizeram nada de errado. Isso fez com que a gente recebesse muito carinho”, afirmou o neto de Silvio Santos.

O relacionamento veio a público, em outubro de 2019, quando Larissa Manoela compartilhou uma foto dos dois e legendou: “O casal mais lindo. Amo vocês”, escreveu a atriz. “Tudo aconteceu por conta de acasos de rede social, porque nossos amigos vazaram uma foto ou algo assim, e eles não fizeram nada de errado. Mas isso fez com que a gente recebesse muito carinho!”.

Tiago falou sobre o apoio que recebeu da comunidade LGBT. “Dentro do meu show, das minhas ações sociais, dos meus discursos em rede social. Obviamente, que eu mostrando que faço parte da classe, se é que a gente pode dizer assim, faz com que outras pessoas se identifiquem: “Olha o Tiago, a família dele é linda, em que todo mundo aceita todo mundo, e a minha família também pode me aceitar”. Acho que dessa forma, você mostrar que você também é, faz com que elas se identifiquem, se encorajem para não ter medo”, opinou o artista.

“A gente vive numa sociedade – não só no Brasil, mas no mundo – em que ainda existe muito preconceito. Mas quanto mais natural a gente for em relação a isso, mais normal as pessoas vão achar. O que para mim sempre foi normal, mas para algumas pessoas pode ser anormal. Quando meu sobrinho nasceu, o tio Fê já existia, e quando meu sobrinho cresceu, o tio Fê continuou existindo. E se eu perguntar para ele quem é o tio Fê: “É o namorado do tio Tiago”. E não tem nada de errado, não precisei explicar para ele. As pessoas ficam criando questões: “Isso não é natural da vida”. O que é natural da vida? Um prédio não é natural da vida. Você lidar com o preconceito assim na sua cara é horrível, mas a gente vai resistir e está tudo bem”, completou. Para ver a entrevista completa, clique aqui.

Compartilhe: