Últimas notícias:

Loading...

O Velhão: saboreie comida caseira nessa charmosa vila no meio da serra

Restaurante As Véia serve comida caseira e um café da manhã caprichado nesse lugar encantador na estrada de Mairiporã, um verdadeiro Achado Elo!

Ouça este conteúdo

Quase perdida no meio da Serra da Cantareira está uma preciosidade chamada O Velhão, uma charmosa vila na estrada de Mairiporã, com construções de tijolinhos aparentes. Por trás desse lugar acolhedor, que abriga restaurantes, bares, serralheria, marcenaria e lojinhas, não poderia estar outra palavra que não fosse afetividade.

Achado Elo - As Véia - O Velhão
Crédito: Gabriel de Moura - Achados EloO restaurante As Véia serve serve comidinha caseira e afetiva em uma simpática vila na Serra da Cantareira. E tudo isso é um Achado Elo!

Essa qualidade é nitidamente perceptível tanto na comida aconchegante e no café da manhã reforçado do restaurante As Véia como na própria história da vila. O Achado Elo do espaço é justamente a combinação dessa cozinha caseira com todas as boas histórias que você encontra por lá.

A vila surgiu em 1978, quando Moacyr Archanjo dos Santos e sua esposa Iracema Rodrigues Archanjo dos Santos compraram o terreno no meio da Serra da Cantareira e começaram a construir o primeiro casarão do espaço.

“Quando Moacyr estava para se aposentar, gostava de andar pela cidade admirando a arquitetura desses prédios com tijolos à mostra, como a Santa Casa e a Pinacoteca. Ele achava tudo muito bonito e teve a ideia de fazer o casarão inspirado nesses edifícios, com materiais das demolições que ele fazia na avenida Paulista”, revela a fundadora dona Iracema, que administra a vila até hoje, aos 78 anos.

A partir desses materiais reaproveitados, seu Moacyr, que faleceu em 2000, também fazia portas, janelas, móveis, portões, gazebos e outros objetos na serralheria e na marcenaria que montou na vila. Esses produtos começaram a chamar a atenção dos moradores e outras pessoas que visitavam a região e, aos poucos, a vila foi crescendo.

Afeto com o próximo

A vontade de ajudar crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social surgiu em 1985, depois que dona Iracema visitou um orfanato no município vizinho de Casa Branca. O casal teve, então, a ideia de ensinar o trabalho de marcenaria para jovens com problemas familiares e passou a empregá-los na própria vila, para que eles tivessem meios de garantir seu sustento.

O Velhão
Crédito: Gabriel de Moura - Achados EloO restaurante As Véia e todo O Velhão são comandados pela dona Iracema, a fundadora da vila

Enquanto o marido trabalhava com a molecada na marcenaria, dona Iracema montou uma cozinha e passou a servir refeições para esses jovens. “Muitos deles só tinham aquele alimento do dia ali no Velhão. E quando aparecia algum cliente para comprar as janelas e móveis, eles acabavam ficando para almoçar conosco”, conta a empresária.

Alguns anos mais tarde, o casarão recebeu uma mostra de artes plásticas. Como não havia comida no evento, os visitantes encontraram a cozinha da dona Iracema e ela serviu gratuitamente o almoço para quase 300 pessoas.

Na ocasião, uma das artistas plásticas convidadas se encantou pelo espaço e decidiu levar um grupo de Embu das Artes para visitar O Velhão e, desta vez, pagar pela refeição. Dessa forma, como a vila também ficou conhecida por receber eventos artísticos e pela comida caseira, o restaurante As Véia foi aberto em 1997.

E, claro, os projetos sociais comandados por dona Iracema e seu marido cresceram junto com a vila. Anos mais tarde, o salão de eventos deu espaço para uma capela e o casal também abriu uma escola e um posto de saúde para atender as crianças e outros moradores da região.

Comida para aquecer o <3

Crédito: Gabriel de Moura - Achados EloOlha que decoração simpática da casa!

Sabe aquela comidinha acolhedora de mãe? É justamente o que você encontra no restaurante As Véia. O cardápio, que muda todos os dias, tem grande influência das cozinhas mineira e caipira, que levam temperos muito fresquinhos e são bem carregados de alho e cebola. Algo bem caseiro mesmo!

As receitas são inspiradas na família de dona Iracema, de seu Moacyr e das outras cozinheiras que já trabalham na casa a longa data. É o restaurante ideal para provar delícias tradicionais e afetivas, como uma boa feijoada, rabada, pernil e vaca atolada. E para a sobremesa, nunca pode faltar aquele bolinho de chuva. hummmm

A casa funciona no almoço de segunda a sexta, das 12h às 16h, no sistema “à la carte”, com três opções de pratos. Aos finais de semana, a casa funciona apenas por delivery para quem mora nas redondezas.

Outra relíquia que você precisa provar é o “pão das véia”, que já rendeu para dona Iracema uma participação no programa da Ana Maria Braga, gravado lá no Velhão! Aliás, muitos outros famosos já deixaram sua presença registrada na vila.

Curta outros cantinhos da vila!

Crédito: Gabriel de Moura - Achados EloDá para comer nessas mesinhas ao lar livre, cercadas por muita natureza!

Além do restaurante As Véia, O Velhão tem vários outros estabelecimentos incríveis para você explorar. Entre os destaques, estão dois bares para curtir com a galera: a Cervejaria Das Nova, um pub rústico para quem curte rock; e o Conspiração dos Jogos, onde é possível jogar sinuca, pebolim e jogos de tabuleiro mais tradicionais.

A vila também tem o restaurante As Pizza, que serve uma das melhores pizzas da região; o Café do Véio, reforçado com deliciosos bolos, tortas e docinhos; e outras lojinhas de artesanato e presentes.

Para visitar o charmoso O Velhão e se deliciar com os quitutes d’As Véia basta ir até a Estrada Municipal Prefeito Dr. Sarkis Tellian, 3000, no Jardim Samambaia, em Mairiporã, na Serra da Cantareira, bem pertinho de SP. Cada espaço dentro da vila tem seu horário de funcionamento específico.


Atenção! Por conta da pandemia do novo coronavírus, a casa pode ter seu funcionamento alterado para corresponder às atuais determinações do Plano São Paulo, estabelecido pelo Governo do Estado de São Paulo. Para checar se o estabelecimento está aberto e seu horário de funcionamento mais recente, entre em contato pelos telefones (11) 94821-4437 e (11) 4485-1115.


O estabelecimento está tomando todas as medidas necessárias para garantir a segurança dos clientes, de acordo com os critérios estabelecidos pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Faça também a sua parte! Ao visitar o espaço, lembre-se de usar máscara de proteção e só tirá-la na hora de consumir os alimentos e bebidas. Além disso, higienize bem as mãos com álcool em gel ou água e sabão.

Curtiu essa dica? Então, confira aqui outros Achados Elo imperdíveis em SP!