Últimas notícias:

Loading...
EM ALTA

Anvisa manda recolher lotes de remédios para hipertensão

Foi constatada impureza em diversos lotes; veja o que fazer se você usa o medicamento

Por: Redação

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) mandou recolher e interditar diversos lotes de remédios com o princípio ativo losartana, usado para tratar hipertensão e insuficiência cardíaca.

A medida foi motivada pela constatação da impureza “azido” em concentração acima do limite de segurança aceitável. Essa substância  pode surgir durante o processo de fabricação do insumo farmacêutico ativo e tem potencial de mutação.

remedio hipertensao
Crédito: IstockLosartana é recolhido no Brasil após Anvisa constatar presença de impureza

De acordo com a Anvisa, as pessoas que utilizam o medicamento não devem interromper o seu tratamento, ainda que estejam usando um dos lotes afetados.

“A hipertensão e insuficiência cardíaca exigem acompanhamento constante e qualquer alteração no tratamento deve ser feita somente pelo médico que acompanha o paciente. Deixar de tomar o medicamento pode trazer riscos para a saúde do paciente”, destaca a Anvisa.

A Agência informou ainda que para determinar a extensão do recolhimento, foi feita uma avaliação “sobre o impacto no mercado brasileiro e a necessidade de continuidade dos tratamentos, já que a losartana é o anti-hipertensivo e um dos medicamentos para insuficiência cardíaca mais utilizado no Brasil”.

A Anvisa informa ainda que ação vai servir para adequar os produtos utilizados no Brasil aos limites técnicos previstos para a presença deste contaminante.

O prazo máximo para conclusão do recolhimento desses produtos é de até 120 dias, contados da data da publicação da resolução que determinou o recolhimento (23/06/2022).

Ainda de acordo com a Agência, os lotes que foram mantidos no mercado são considerados seguros e podem ser consumidos.

Orientações da Anvisa para os usuários da losartana

  • Quem faz uso do medicamento com losartana deve seguir tomando. Qualquer alteração de tratamento e medicamento só deve ser feita com orientação médica;
  • Há no mercado outras losartanas que podem substituir os medicamentos recolhidos ou interditados;
  • Somente troque de medicamento quando já tiver o novo em mãos, pois a interrupção do tratamento da hipertensão arterial e da insuficiência cardíaca pode produzir malefícios instantâneos, inclusive risco de morte por derrame, ataques cardíacos e  piora da insuficiência cardíaca;
  • Para solicitar a troca do medicamento recolhido ou interditado, entre com contato com o SAC da empresa responsável. É dever da empresa fazer a substituição ou troca de medicamentos nestas condições;
  • Não há risco imediato em relação ao uso dessa medicação, porque não existem dados que indiquem um aumento dos eventos adversos;
  • Os medicamentos contendo “sartanas” são seguros e eficazes no controle do tratamento de hipertensão e insuficiência cardíaca, reduzindo significativamente o risco de derrame e infarto;
  • Losartana é considerado um medicamento seguro e eficaz, os registros desses medicamentos continuam válidos no Brasil e em vários outros países.

Compartilhe:

?>