Aprenda a aplicar o Método Marie Kondo nos relacionamentos

Prática fortalece a autoestima e os relacionamentos

Por: Personare | Comunicar erro

Ao final de cada episódio da série ‘Tyding up’ ou “Casa em ordem com Marie Kondo”, além de um lar esteticamente organizado e agradável, fica perceptível a melhora na energia do espaço. Consequentemente, uma casa em ordem promove uma reorganização interna, que se reflete nas pessoas, inclusive na autoestima e relacionamentos.

Que tal aprender as dicas de Marie Kondo para aplicar em sua vida pessoal? Tem muita gente fazendo isso.

Aprenda como fortalecer a autoestima com o método Marie Kondo. Foto: BigStock

1) Estabeleça a energia que deseja

O primeiro passo do Método Marie Kondo é entrar em contato com a casa, honrá-la e agradecê-la, pedindo permissão e dando direcionamento para o processo que será realizado. Esse movimento de honrar à casa pode ser aplicado em sua casa interna, ou seja, você mesmo. Agradeça todos os dias a si mesmo, à vida, pelo seu dia, pela oportunidade. A gratidão ajuda a direcionar a sua percepção positivamente.

Direcione intenções positivas para seu corpo, para seus pensamentos e sentimentos, para o seu dia, atividades e relacionamentos. Fortaleça sua conexão com o planeta e com o universo, e nesta conexão maior, agradeça, mentalizando o que há de melhor fluindo em sua vida.

2) Desapegue do que não te faz feliz

marie kondo organizando gavetas
Crédito: divugaçãoMarie Kondo, a guru da organização e do desapego

O questionamento sobre se precisa do objeto e se ele te faz feliz também pode ser empregado à vida. Marie Kondo recomenda pegar o objeto, na altura do coração, para sentir o que ele traz. Caso não transmita sentimento positivo, é a hora de agradecer a esse objeto e desapegar.

Se um relacionamento em nossa vida parece perfeito, porém traz mais tristeza do que alegria, chegou o momento de deixá-lo ir, para assim abrir espaço para outro que realmente lhe fará feliz. Se você precisa de outra pessoa, do reconhecimento dela para se sentir bem, talvez seja necessário olhar para dentro e se livrar desta necessidade que só traz angústia.

Caso essa limpeza e organização de sentimentos seja muito difícil, pode ser necessário cuidar das feridas emocionais e mentais. Libertar-se disso para organizar aspectos internos ou da vida de maneira geral é mais complexo do que colocar um lar em ordem ou descartar objetos. Porém, é também possível com atenção e prática constantes.

3) Mudar de dentro para fora

Promover ou manter a organização demanda esforço contínuo, mas os resultados sempre recompensam. O esforço inicial para implantar a ordem costuma ser mais intenso do que para mantê-la, até porque o bem-estar que alcançamos nos motiva a continuar.

Manter as casas externa e interna organizadas é um importante passo para ficar bem consigo mesmo. Isso se reflete positivamente em toda a nossa vida, inclusive nos relacionamentos.

Continue lendo aqui para aprender como começar a harmonização pessoal pela sua casa.

Texto produzido por Ceci Akamatsu e publicado no Personare.

Autor: Personare

Termos da rede:

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário personare da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

1 / 8
1
03:53
Decisão da Anvisa deve liberar a maconha medicinal no país
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou duas propostas que podem liberar a maconha para fins medicinais e científicos …
2
02:51
O que é o projeto Cuide-se
Em parceria com a ONG Horas da Vida, o Catraca Livre produz vídeos com especialistas para dar dicas de saúde. No …
3
02:18
Vacina contra a gripe é liberada para toda a população
O Ministério da Saúde estendeu a campanha de vacinação contra a gripe para toda a população enquanto durarem estoques dos …
4
05:00
Quais os sintomas que a maconha pode trazer?
Dr. Jair de Jesus Mari, professor titular de psiquiatria da UNIFESP , fala sobre os sintomas que o uso de …
5
03:19
Natureza contra a depressão
A depressão é uma das doenças mais comuns do mundo moderno em grandes cidades e a falta de contato com …
6
02:42
Reconheça facilmente os níveis da depressão
Dr. Jair de Jesus Mari, professor titular de psiquiatria da UNIFESP , fala sobre os principais sinais da ansiedade. Esse vídeo …
7
03:20
Saiba o que é a doença “Pescoço de Texto”
Juliana Santos, Terapeuta Manual de dores crônicas e agudas fala sobre a doença de Pescoço de Texto. Esse vídeo faz parte …
8
05:29
Sinais de que o bebê vai nascer
Claudio Basbaum, obstetra na Maternidade de São Luiz, é conhecido como o médico que implantou no Brasil o parto humanizado. Esse …