Últimas notícias:
Loading...

Entenda por que beber café diariamente pode evitar morte precoce

Segundo o estudo, o efeito positivo vem de todo tipo de café, incluindo o descafeinado

Um novo estudo mostrou que pessoas que bebem café – com ou sem açúcar – apresentam menor risco de morte precoce do que aquelas não são chegadas a essa bebida. De acordo com os pesquisadores isso é explicado porque os apreciadores de café tendem a ter menos problemas cardíacos.

A quantidade diária que traz o benefício é de duas a três xícaras por dia. E, segundo o estudo, o efeito positivo vem de todo tipo de café, incluindo o descafeinado.

 Quem bebe café tem menos chances de morte precoce, segundo estudo
Créditos: Farknot_Architectistock
 Quem bebe café tem menos chances de morte precoce, segundo estudo

Como foi feito o estudo?

Para chegar aos resultados, os pesquisadores examinaram dados de 449.563 pessoas incluídas no Biobank do Reino Unido.

O banco de dados contém os registros de saúde de meio milhão de britânicos, que são regularmente questionados sobre seus hábitos de vida.

Os participantes, com idades entre 40 e 69 anos, preencheram questionários sobre quantas xícaras bebiam por dia e se optavam por instantâneo, moído ou descafeinado.

As descobertas, publicadas no European Journal of Preventive Cardiology, mostram que 44% bebiam instantâneo, 18% moído e 15% descafeinado. Pouco mais de um quinto não tomava café.

Ao longo do estudo de 13 anos, quase 28.000 participantes morreram. Cerca de 43.000 desenvolveram doenças cardiovasculares e 30.000 foram diagnosticados com arritmia – um batimento cardíaco irregular.

Todos os tipos de café foram associados a uma redução na mortalidade precoce por todas as causas.

Aqueles que bebiam café moído eram 27% menos propensos a morrer cedo do que os que não bebiam café.

Enquanto isso, os apreciadores dos descafeinados tiveram um risco reduzido de 14% e o instantâneo foi associado a uma queda de 11%.

E todos aqueles que bebiam café tinham um risco reduzido de doenças cardíacas, ataques cardíacos e derrames.

Benefícios do café

Os grãos de café contêm mais de 100 compostos biologicamente ativos que devem explicar as descobertas.

Alguns demonstram reduzir a inflamação, outros melhoram a sensibilidade à insulina e aumentam o metabolismo.

 
Créditos: BrazilPhotos/istock
 

“Os resultados sugerem que a ingestão leve a moderada de café moído, instantâneo e descafeinado deve ser considerada parte de um estilo de vida saudável”, disse o professor Peter Kistler, cardiologista e principal autor.

N entanto, os pesquisadores observaram que os dados de consumo de café foram auto-relatados e foram considerados os mesmos durante todo o estudo, portanto, podem ser imprecisos.