Como lidar com o diagnóstico de depressão

Relato mostra as dificuldades em aceitar a doença e as cobranças internas

Por: Personare

“Se a realidade é a gente quem cria, hoje eu crio a realidade de que estou bem. Não há nada que possa me parar agora!”. “Eu não sei o que está acontecendo, mas se eu fingir que não está, sei que acaba passando. Isso é pura frescura – se todo mundo aguenta, porque eu não aguentaria?”. Esses eram os tipos de frases que costumava dizer a mim mesma por semanas, e até anos, antes de receber o diagnóstico de depressão.

APRENDENDO A LIDAR COM O DIAGNÓSTICO DE DEPRESSÃO
Escritora relata os sentimentos e cobranças internas após ser diagnosticada com a doença

Recebendo o diagnóstico de depressão

Seguia a minha rotina levando as crianças para a capoeira, mas quando cheguei lá, não consegui sair. Foi nesse momento que eu paralisei e a partir daí tive que aceitar que, do jeito que estava, eu não poderia continuar.

E assim se vão 8 meses em que estou em tratamento. A primeira metade foi, sem dúvida, a pior. Acertar a medicação, a terapia e lidar com a doença são processos dolorosos e que demandam tempo e eu tive dificuldade em aceitar isso. Além de tudo, muitos ainda dizem que é “frescura”, “falta de Deus” ou simplesmente “falta do que fazer”, mesmo a depressão sendo considerada a doença do século.

Hoje já consigo olhar para trás e ver que eu morri sim, mas renasci e estou na fase de engatinhar de novo. Temos o dever de ser a nossa maior prioridade – para o nosso bem, antes de tudo, e para o de todos que estão à nossa volta.

Continue lendo aqui para ver outros artigos sobre saúde mental.

Texto produzido por Tatiana Magalhães e publicado no Personare.

Compartilhe:

Por: Personare

Termos da rede:

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário personare da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

1
Câncer de próstata: saiba o que é e como se prevenir da doença
O câncer de próstata é o segundo tipo de tumor mais comum entre os brasileiros. De acordo com informações do …
2
03:38
Cuidados e prevenções para a saúde das mulheres
Dores menstruais parecem típicas, mas podem ser um sinal de endometriose. Hoje, a Dra. Luiza Cadioli, médica de família e comunidade, …
3
02:37
Saiba quais são os sintomas do Transtorno bipolar
O transtorno bipolar vai além das variações de humores. Hoje, o Dr. Jair de Jesus Mari, psiquiatra e professor da Unifesp, …
4
01:40
O que é a Fibromialgia e quais os sintomas?
Você já sentiu dores intensas em algumas partes do corpo? Hoje, a Dra. Luiza Cadioli, médica de família e comunidade, fala …
5
04:15
Quais são os sintomas que indicam diabetes?
Você sente uma fome excessiva, mas não consegue identificar o por quê? Hoje, a Dra. Luiza Cadioli, médica de família e …
6
04:43
Quais são os sintomas da Esquizofrenia?
A esquizofrenia é um dos tipos da psicose, que é um sintoma que descreve condições que afetam a mente. Hoje, o …
7
03:10
Como os fatores sociais impactam a expectativa de vida
Saneamento básico e desemprego são alguns dos fatores que podem impactar diretamente com a nossa longevidade. Hoje, a Dra. Aline de …
8
01:28
Psicose: saiba como identificar
Pensamentos vagos e incoerentes? Como identificar um surto psicótico? Hoje, o Dr. Jair de Jesus Mari, fala sobre os sintomas da …