Últimas notícias:

Loading...

Estudo descobre que novo sintoma pode aparecer meses após covid

Cientistas acompanharam a evolução dos sintomas em adultos acima dos 65 anos

Por: Redação

Um estudo publicado na revista médica The BMJ descobriu que cerca de um terço dos pacientes com covid-19 apresenta um novo sintoma meses após a infecção.

Segundo os autores, alguns dos sintomas desenvolvidos incluem alterações em órgãos e sistemas, abrangendo distúrbios cardíacos, lesão renal, insuficiência respiratória e problemas no fígado.

sintoma covid
Crédito: CentralITAlliance/istockPesquisadores descobrem que pacientes podem apresentar um novo sintoma meses após a infecção por covid

Eles também observaram que a infecção também afetou as condições de saúde mental e deixou os pacientes mais propensos a desenvolver fadiga e pressão alta após a total recuperação.

Como foi feito o estudo?

Os pesquisadores revisaram os registros dos planos de saúde para identificar 133.366 idosos que tiveram covid-19 antes de 1º de abril de 2020. Com esses dados em mãos, eles então observaram quaisquer novas condições que surgiram 21 dias após o diagnóstico.

novo tipo de coronavirus
Crédito: Rost-9D/istockPesquisadores acompanharam pacientes que tiveram manifestação de sintomas após a recuperação

Cerca de 32% procuraram atendimento médico após esses 21 dias por uma condição nova ou persistente.

Os autores destacaram que além de insuficiência respiratória, demência e fadiga pós-viral, as sequelas se assemelham às da doença viral do trato respiratório inferior em adultos mais velhos. ”

Esses achados destacam ainda mais a ampla gama de sequelas importantes após a infecção aguda pelo vírus SARS-CoV-2″, escreveram.

O estudo ocorre em um momento em que os cientistas ainda estão examinando os efeitos a longo prazo da covid-19, a chamada covid longa.

Compartilhe:

?>