Ginecologista alerta para o perigo de usar alho contra candidíase

Mulheres que usam alho dentro da vagina para afastar infecções fúngicas correm o risco de agravar o problema e desenvolver botulismo

Por: Redação Comunicar erro
alho
Crédito: DDurrich/istockReceitas naturais recomendam introduzir alho na vagina

Antifúngico e anti-inflamatório natural, o alho é usado desde o Egito Antigo para tratar diversas infecções e problemas respiratórios, como gripes resfriados e bronquites. Há também quem use o alimento para tratar infecções vaginais, como a candidíase. E é aí que mora o problema. Embora a prescrição mais comum seja o uso oral, há diversas receitas naturais que recomendam introduzir um dente de alho na vagina antes de dormir.

A prática, no entanto, é perigosa. A ginecologista e escritora norte-americana Jennifer Gunter publicou uma série tweets alertando para os riscos. De acordo com ela, de fato, o alimento contém alicina, substância com propriedades bactericidas, mas isso não garante que ele acabe com fungos. Além disso, em contato com a mucosa vaginal, o alho pode causar irritação e piorar o quadro.

Mas o risco mais preocupante, segundo a médica, é a bactéria Clostridium, encontrada no solo, que pode estar presente no alho. “A vagina é um ambiente anaeróbico, perfeito para Clostridium”, diz Gunter. As bactérias em si não são prejudiciais, mas podem produzir uma das toxinas mais venenosas, quando privadas de oxigênio, e causar botulismo, uma doença neuroparalítica grave.

Pelo menos duas vezes por mês, ela conta, que suas pacientes informam que tentaram o tratamento com alho.”O efeito placebo é forte. Se você acha que o alho vaginal vai fazer você se sentir melhor, você pode muito bem se sentir melhor temporariamente”, explica.

Em entrevista ao The Oprah Magazine, a ginecologista conta que a ideia com o alerta é  interromper o ciclo de desinformação. “Parte do problema é que as mulheres foram maltratadas e dispensadas pela medicina patriarcal. Eu quero preencher as lacunas de conhecimento para que as elas possam ser fortalecidas. Eu deixo elas saberem que não estou desacreditando a experiência delas ou descartando seus sintomas quando digo que o alho não funciona. Só estou dizendo que, embora elas tenham apresentado melhoras, o alho não foi o que as tratou. Se funcionou para você, você só teve sorte “, completa.

Compartilhe:

1
03:38
Cuidados e prevenções para a saúde das mulheres
Dores menstruais parecem típicas, mas podem ser um sinal de endometriose. Hoje, a Dra. Luiza Cadioli, médica de família e comunidade, …
2
02:37
Saiba quais são os sintomas do Transtorno bipolar
O transtorno bipolar vai além das variações de humores. Hoje, o Dr. Jair de Jesus Mari, psiquiatra e professor da Unifesp, …
3
01:40
O que é a Fibromialgia e quais os sintomas?
Você já sentiu dores intensas em algumas partes do corpo? Hoje, a Dra. Luiza Cadioli, médica de família e comunidade, fala …
4
04:15
Quais são os sintomas que indicam diabetes?
Você sente uma fome excessiva, mas não consegue identificar o por quê? Hoje, a Dra. Luiza Cadioli, médica de família e …
5
04:43
Quais são os sintomas da Esquizofrenia?
A esquizofrenia é um dos tipos da psicose, que é um sintoma que descreve condições que afetam a mente. Hoje, o …
6
03:10
Como os fatores sociais impactam a expectativa de vida
Saneamento básico e desemprego são alguns dos fatores que podem impactar diretamente com a nossa longevidade. Hoje, a Dra. Aline de …
7
01:28
Psicose: saiba como identificar
Pensamentos vagos e incoerentes? Como identificar um surto psicótico? Hoje, o Dr. Jair de Jesus Mari, fala sobre os sintomas da …
8
02:11
Saiba como identificar os sintomas da diverticulite
A diverticulite tem se tornado uma doença comum, principalmente para pessoas acima dos 60 anos. Hoje, o Dr. Raul Cutait, médico …