Informar

Homem sofreu fratura grave na garganta ao ‘prender’ espirro

Por: Redação | Comunicar erro
Crédito: Getty Images/iStockphoto“Prender” espirro pode ser prejudicial à saúde

Um homem de 34 anos chegou ao hospital relatando dificuldades de deglutição e uma “sensação de estalar” no pescoço, que estava inchado. A causa: ele tentou “prender” um espirro apertando o nariz e fechando a boca.

O caso aconteceu em Leicester, no Reino Unido, e foi relatado por um periódico científico, o “British Medical Journal Case Reports”.

O paciente sofreu uma fratura grave na garganta, surpreendendo os médicos, que afirmaram que uma ruptura na parte de trás da garganta só acontece normalmente em episódios de traumas e acidentes.

Segundo a publicação, prender um espirro causa uma pressão enorme dentro do corpo, podendo causar dores no ouvido, na garganta e no peito. “Quando se espirra, o ar expelido chega a uma velocidade de 240 km/h”, explicou o médico Anthony Aymat, diretor de atendimentos de orelha, nariz e garganta do Hospital Universitário de Londres Lewisham.

MIT grava espirro em câmera lenta para mostrar como epidemias se espalham

Compartilhe: