Pare de lavar a xícara de café para não sujá-la ainda mais

Uma caneca usada sempre pela mesma pessoa poderá ficar mais contaminada se for esfregada com uma esponja que é compartilhada por muita gente

Por: Redação

Pare de lavar a xícara. Ou melhor, não se preocupe em fazer isso com tanta frequência. Sabe aquele seu colega de trabalho que está com o recipiente sempre encardido? Bem, parece que ele está certo. De acordo com especialistas em doenças infecciosas, é melhor deixar a xícara de café ou de chá “suja” por mais tempo do que lavá-la sempre com uma esponja de cozinha compartilhada por muita gente.

A xícara de café que só uma pessoa usa sem lavar pode ter menos germes que a lavada com uma esponja coletiva
Crédito: IStock/dblightA xícara de café que só uma pessoa usa sem lavar pode ter menos germes que a lavada com uma esponja coletiva

A explicação para isso está justamente na esponja. Em geral, ela é usada para lavar xícaras ou louças de vários indivíduos. Assim, acaba sendo infectada por uma gama de micróbios maior.

Já uma xícara de café ou de chá usada sempre pela mesma pessoa geralmente vai carregar apenas os germes dela, quando fica sem ser lavada.

Assim, essa caneca supostamente suja apresenta menor risco de contaminação para seu proprietário do que se fosse lavada frequentemente por uma esponja carregada dos micro-organismos “sortidos” de toda a galera.

Essa é a tese de especialistas como Jeffrey Stark, especialista em doenças infecciosas do Baylor College of Medicine, de Houston, Texas, EUA.

Ele a apresentou em uma entrevista concedida ao Wall Street Journal.

Mas não exagere na sujeira da xícara de café

Porém, não exagere. Se você costuma adoçar o cafezinho ou tomá-lo com creme, evite deixar a xícara por muito tempo sem lavar. Não saia para o feriado ou para o final de semana sem dar aquela higienizada básica no recipiente.

De qualquer forma, daqui para a frente, pense bem antes de criticar seu colega de trabalho por a xícara de café dele estar suja. Saiba que ela pode estar mais limpa que a sua.

Leia também: Infecções bucais não tratadas podem gerar problemas cardíacos

Compartilhe:

1
Câncer de próstata: saiba o que é e como se prevenir da doença
O câncer de próstata é o segundo tipo de tumor mais comum entre os brasileiros. De acordo com informações do …
2
03:38
Cuidados e prevenções para a saúde das mulheres
Dores menstruais parecem típicas, mas podem ser um sinal de endometriose. Hoje, a Dra. Luiza Cadioli, médica de família e comunidade, …
3
02:37
Saiba quais são os sintomas do Transtorno bipolar
O transtorno bipolar vai além das variações de humores. Hoje, o Dr. Jair de Jesus Mari, psiquiatra e professor da Unifesp, …
4
01:40
O que é a Fibromialgia e quais os sintomas?
Você já sentiu dores intensas em algumas partes do corpo? Hoje, a Dra. Luiza Cadioli, médica de família e comunidade, fala …
5
04:15
Quais são os sintomas que indicam diabetes?
Você sente uma fome excessiva, mas não consegue identificar o por quê? Hoje, a Dra. Luiza Cadioli, médica de família e …
6
04:43
Quais são os sintomas da Esquizofrenia?
A esquizofrenia é um dos tipos da psicose, que é um sintoma que descreve condições que afetam a mente. Hoje, o …
7
03:10
Como os fatores sociais impactam a expectativa de vida
Saneamento básico e desemprego são alguns dos fatores que podem impactar diretamente com a nossa longevidade. Hoje, a Dra. Aline de …
8
01:28
Psicose: saiba como identificar
Pensamentos vagos e incoerentes? Como identificar um surto psicótico? Hoje, o Dr. Jair de Jesus Mari, fala sobre os sintomas da …