Saiba quais plantas medicinais cultivar em casa

Por: Silvia Melo

Ter uma horta em casa, além de garantir hortaliças e temperos fresquinhos, também pode gerar plantas medicinais, que ajudam a prevenir e combater doenças simples. Uma das formas mais comuns de uso é a infusão, o tradicional chá.

Muita gente utiliza essas ervas por tradição e até mesmo por falta de recursos para cuidar da saúde, mas é importante frisar que no caso de doenças mais sérias, é indispensável consultar um médico para a orientação do tratamento mais adequado.

Veja abaixo algumas opções de plantas e a importância de cada uma:

Alecrim 

O chá de alecrim ajuda na digestão e combate os germes que causam infecções. Já o óleo deste arbusto possui grande poder antisséptico e pode ser usado quando existem feridas superficiais na pele. Para cultivar, escolha um local com bastante luminosidade, mas protegido de ventos fortes.

Boldo

Santo remédio cultivado na casa de muitas avós, o chá dessa planta é usado para combater azia e má digestão e problemas no fígado. Além disso, ameniza os efeitos causados pela ingestão de bebidas alcoólicas.

Por ser uma planta extremamente resistente, não precisa de muitos cuidados e é ideal para quem deseja manter um canteiro com plantas funcionais e não tem muito tempo para cuidar. Seu tamanho pode chegar a até 2 metros.

Hortelã

Age contra alguns parasitas intestinais, como giardia e ameba. Também é usada para aumentar a produção de leite em mulheres que amamentam. Pode ser cultivada em vasos, em locais que recebam sol pela manhã.

Erva-cidreira ou Melissa

É um excelente remédio caseiro para insônia, pois atua contra a ansiedade e nervosismo, proporcionando o relaxamento e, consequentemente, um sono mais tranquilo. Esta planta também é muito utilizada para problemas digestivos. Pode ser cultivada em sombra parcial ou com luz solar direta. Sua altura, geralmente, atinge de 70 centímetros a 1 metro.

Compartilhe: