SUS terá novo medicamento para psoríase

De acordo com estudos clínicos, mais de 60% dos pacientes que usaram o medicamento apresentaram melhora completa das lesões

Por: Redação
Ouça este conteúdo

Pacientes que sofrem com psoríase moderada a grave passarão a contar com um novo medicamento que será distribuído gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde. Trata-se do Skyrizu (risanquizumabe), um anticorpo monoclonal de imunoglobina humanizada.

O medicamento, que recebeu aprovação da Anvisa em maio de 2019, será incorporado ao SUS em até 180 dias, conforme publicação no Diário Oficial da União (DOU), de 21 de setembro de 2020.

O remédio será destinado a pacientes sob indicação e prescrição médica para esse tratamento.

De acordo com estudos clínicos, mais de 80% dos pacientes atingiram melhora sustentada de 90% ou mais das lesões na pele e aproximadamente 60% alcançaram resolução completa das lesões ao longo de 52 semanas de tratamento, quando tratados na dosagem de 150mg, administrada de forma injetável.

Psoríase

A psoríase é uma doença de pele crônica e não contagiosa caracterizada pela presença de placas avermelhadas, recobertas por escamas esbranquiçadas. A causa não é totalmente conhecida, mas se sabe que o sistema imunológico tem papel importante no seu desencadeamento.

Psoríase
Crédito: Irina Gulyayeva/istockSUS terá novo tratamento para psoríase

A doença atinge homens e mulheres, em qualquer idade, podendo ocorrer desde formas localizadas e discretas, até formas muito severas que acometem grande área da superfície corporal.

Geralmente, os sinais aparecem nos cotovelos, joelhos, mãos, pés e couro cabeludo e se intensificam durante as crises.

Saiba mais sobre a doença, os tipos e tratamentos no link abaixo:

Compartilhe: