Últimas notícias:

Loading...
EM ALTA

Varíola do macaco: sintomas que aparecem antes das bolhas na pele

Doença viral identificada no Reino Unido tem duas fases com diferentes sintomas

Por: Redação

Um dos principais sintomas da infecção conhecida como varíola do macaco (monkeypox, em inglês) é o aparecimento de erupções na pele, que se espalham por todo o corpo, incluindo os genitais. Mas antes das bolhas, outros sintomas comuns de infecções aparecem.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o período de incubação do vírus (intervalo desde a infecção até o início dos sintomas) da varíola do macaco é geralmente de 6 a 13 dias, mas pode variar de 5 a 21 dias.

variola do macaco
Crédito: Reprodução/CDCBolhas na pele é um dos sintomas mais característicos da varíola do macaco

A doença, então, passa por diferentes fases que podem ser dividas em períodos:

Fase 1: o período de invasão (dura entre 0-5 dias)

Nessa primeira fase, a pessoa infectada costuma apresentar febre, dor de cabeça intensa, linfadenopatia (inchaço dos gânglios linfáticos), dor nas costas, mialgia (dores musculares) e uma intensa falta de energia.

A linfadenopatia é uma característica distintiva da varíola dos macacos em comparação com outras doenças que inicialmente podem parecer semelhantes (varicela, sarampo, varíola).

Fase 2: a erupção cutânea geralmente começa dentro de 1-3 dias após o aparecimento da febre.

varíola do macaco
Crédito: Reprodução/Dermatology AdvisorBolhas aparecem na fase 2 da varíola do macaco

A erupção tende a ser mais concentrada na face e extremidades do que no tronco. De acordo com a OMS, as bolhas afetam a face em 95% dos casos e as palmas das mãos e plantas dos pés em 75% dos casos.

Também são afetadas as mucosas orais (em 70% dos casos), genitália (30%) e conjuntiva (20%), bem como a córnea.

A erupção evolui e passa por diferentes estágios. Inicialmente, aparecem lesões planas, que ficam levemente elevadas, depois se enchem de líquido amarelado, antes de formarem uma crosta, e finalmente caírem.

Casos investigados no Reino Unido

As autoridades de Saúde do Reino Unido já confirmaram sete casos de varíola do macaco entre 6 e 15 de maio.

A doença normalmente é associada a viagens à África, mas os últimos 4 pacientes identificados não estiveram no continente. Por isso, as investigações se concentram em descobrir o foco da infecção.

Enfermeiros e médicos estão sendo aconselhados a ficarem “alertas” aos pacientes que apresentam essas bolhas no corpo.

“Embora as investigações continuem em andamento para determinar a fonte de infecção, é importante enfatizar que ela não se espalha facilmente entre as pessoas e requer contato pessoal próximo com uma pessoa sintomática infectada”, informou a Agência de Segurança da Saúde do Reino Unido (UHKSA) em comunicado.

Compartilhe:

Tags: #Doença
?>